Florianópolis é município mais competitivo do Brasil; veja o ranking dos 100 mais bem colocados

Esta é a primeira vez que uma capital lidera o Ranking de Competitividade dos Municípios

Publicidade

PUBLICIDADE

Por Redação
Atualização:
3 min de leitura

A cidade de Florianópolis (SC) ocupa o primeiro lugar na quarta edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, que faz uma análise dos serviços públicos nas cidades brasileiras. O levantamento, realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a Gove Digital e a Seall, foi divulgado na quarta-feira, 23.

Nesta edição, o levantamento analisou o total de 410 municípios com população acima de 80 mil habitantes (que representam 7,36% do universo de municípios e correspondem, juntos, a cerca de 60% da população brasileira). Os dados utilizados foram da prévia do Censo Demográfico de 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já que os dados definitivos ainda não haviam sido divulgados até o fechamento da pesquisa.

Leia também

O ranking avalia 65 indicadores, agrupados em treze pilares temáticos: sustentabilidade fiscal, funcionamento da máquina pública, acesso à saúde, qualidade da saúde, acesso à educação, qualidade da educação, segurança, saneamento, meio ambiente, inserção econômica, inovação e dinamismo econômico, capital humano, telecomunicações.

“Competitividade é olhar para a equidade, justiça, desenvolvimento econômico e social”, diz Tadeu Barros, diretor-presidente do CLP, no vídeo de apresentação dos resultados da edição de 2023. “É, no fim do dia, promover transformação social, trazer bem estar, qualidade de vida para a população”. Barros afirma que um governo competitivo é aquele que usa dados e evidências para a tomada de decisão e para a construção de políticas públicas eficientes.

Em relação ao ranking de 2022, os cinco primeiros colocados se mantiveram no topo, mas trocaram de posições. Pela primeira vez na história do levantamento, a cidade de Barueri (SP) não ocupa a liderança, caindo para o terceiro lugar. Florianópolis (SC) assumiu o primeiro lugar, subindo uma posição, devido, principalmente, a avanços consideráveis nos pilares de saneamento, segurança e meio ambiente. São Paulo (SP) passa para o segundo lugar, subindo três posições. Porto Alegre (RS) se manteve no quarto lugar e São Caetano (SP) recuou duas posições, ficando em quinto.

Na outra ponta, os cinco últimos colocados do ranking foram Belford Roxo (RJ), Barra do Corda (MA), Pinheiro (MA), Itaituba (PA) e, fechando a lista, Moju (PA).

Continua após a publicidade

Florianópolis (SC) ocupa o primeiro lugar na quarta edição do Ranking de Competitividade dos Municípios.  Foto: Governo de Santa Catarina

Das 100 mais bem colocadas no ranking de 2023, 98 são das regiões Sul e Sudeste. De outras regiões, aparecem apenas Recife (PE), do Nordeste, e Campo Grande (MS), do Centro-Oeste. Veja abaixo os municípios mais bem colocados no ranking.

Ranking de Competitividade dos Municípios (100 mais bem colocados)

  1. Florianópolis (SC)
  2. São Paulo (SP)
  3. Barueri (SP)
  4. Porto Alegre (RS)
  5. São Caetano do Sul (SP)
  6. Curitiba (PR)
  7. Campinas (SP)
  8. Vitória (ES)
  9. Santana de Parnaíba (SP)
  10. Santos (SP)
  11. Maringá (PR)
  12. Belo Horizonte (MG)
  13. Balneário Camboriú (SC)
  14. São Bernardo do Campo (SP)
  15. Blumenau (SC)
  16. Jundiaí (SP)
  17. Jaraguá do Sul (SC)
  18. Criciúma (SC)
  19. Indaiatuba (SP)
  20. São José do Rio Preto (SP)
  21. São Carlos (SP)
  22. Votuporanga (SP)
  23. Piracicaba (SP)
  24. Ribeirão Preto (SP)
  25. Vinhedo (SP)
  26. Londrina (PR)
  27. Araras (SP)
  28. Uberlândia (MG)
  29. Lavras (MG)
  30. Botucatu (SP)
  31. Barretos (SP)
  32. Joinville (SC)
  33. Pouso Alegre (MG)
  34. Lajeado (RS)
  35. Americana (SP)
  36. Osasco (SP)
  37. Recife (PE)
  38. Araraquara (SP)
  39. Chapecó (SC)
  40. Paranavaí (PR)
  41. Bauru (SP)
  42. São José dos Campos (SP)
  43. Itajubá (MG)
  44. São João da Boa Vista (SP)
  45. Sorocaba (SP)
  46. São Bento do Sul (SC)
  47. Assis (SP)
  48. Nova Lima (MG)
  49. Araçatuba (SP)
  50. Tubarão (SC)
  51. São Sebastião (SP)
  52. Ijuí (RS)
  53. Ipatinga (MG)
  54. Pinhais (PR)
  55. Cascavel (PR)
  56. Atibaia (SP)
  57. Itatiba (SP)
  58. Francisco Beltrão (PR)
  59. Varginha (MG)
  60. Rio de Janeiro (RJ)
  61. Paulínia (SP)
  62. Pato Branco (PR)
  63. Lorena (SP)
  64. Caraguatatuba (SP)
  65. Niterói (RJ)
  66. Catanduva (SP)
  67. Caxias do Sul (RS)
  68. Itajaí (SC)
  69. Limeira (SP)
  70. Franca (SP)
  71. Jacareí (SP)
  72. Valinhos (SP)
  73. Santo André (SP)
  74. Marília (SP)
  75. Bragança Paulista (SP)
  76. Sertãozinho (SP)
  77. Resende (RJ)
  78. São José (SC)
  79. Poços de Caldas (MG)
  80. Taubaté (SP)
  81. Mogi Mirim (SP)
  82. Brusque (SC)
  83. Presidente Prudente (SP)
  84. Bento Gonçalves (RS)
  85. Toledo (PR)
  86. Hortolândia (SP)
  87. Uberaba (MG)
  88. Praia Grande (SP)
  89. Campo Mourão (PR)
  90. Cajamar (SP)
  91. Concórdia (SC)
  92. Campo Grande (MS)
  93. Barbacena (MG)
  94. Leme (SP)
  95. São Leopoldo (RS)
  96. Ponta Grossa (PR)
  97. Umuarama (PR)
  98. Santa Maria (RS)
  99. Itabira (MG)
  100. Araucária (PR)