PUBLICIDADE

Anitta anuncia rompimento com Warner Music após expor insatisfações com a gravadora

Comunicado sobre a decisão foi publicado nas redes sociais da cantora nesta terça, 4

Foto do author Julia Queiroz
Por Julia Queiroz
Atualização:

Anitta anunciou, nesta terça-feira, 4, que rompeu seu contrato com a gravadora Warner Music. A cantora já havia exposto publicamente suas insatisfações com a empresa no início de março.

A notícia foi divulgada por meio de um comunicado em conjunto entre a artista e a gravadora publicado nas redes sociais dela.

“Após 11 anos de uma parceria bem sucedida, concordamos em seguir em caminhos separados. A Anitta gostaria de agradecer à Warner Music por todo o apoio. E a equipe Warner deseja a Anitta todo o melhor no futuro”, diz a nota.

PUBLICIDADE

No dia 9 de março, a cantora fez um longo desabafo após ser homenageada pela gravadora durante o Dia das Mulheres. Ela revelou que já havia pedido ao CEO para que seu contrato fosse encerrado, mas sem sucesso.

Segundo Anitta, ela não recebia apoio da Warner para promover suas músicas. “Me respeitem, uma jovem mulher, dando pelo menos um pouco de importância à conversa justa, honesta e respeitosa que pedi com vocês”, escreveu na ocasião.

A relação turbulenta entre a artista e a empresa é de longa data. Ela assinou um contrato internacional com a Warner Records em 2020, e estendeu o contrato que já tinha com a Warner Music Brasil. Em 2022, quando recebeu diversos prêmios estrangeiros, já criticava publicamente a falta de apoio da gravadora.

Após o lançamento do hit Envolver, que lhe deu o primeiro lugar no Spotify Mundial, a brasileira revelou que a Warner Music não acreditava no potencial da canção. “Disseram que a música não iria a lugar nenhum e que eu não teria força para lançar isso sozinha”, contou na época.

Publicidade


*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.