PUBLICIDADE

Taylor Swift na Time: Da briga com Kanye e Kim ao novo namoro, veja maiores revelações da entrevista

Cantora foi eleita ‘Pessoa do Ano’ pela revista, citou ‘armação totalmente fabricada’ em rixa com o rapper e explicou como começou o relacionamento com o jogador de futebol americano Travis Kelce

Foto do author Julia Queiroz
Por Julia Queiroz

A cantora Taylor Swift foi eleita como a “Pessoa do Ano” de 2023 pela Time. A edição anual da revista norte-americana destaca o perfil de quem “mais influenciou eventos no ano, para o bem ou para o mal”, segundo a publicação.

“Todo ano contém luz e escuridão; 2023 foi um ano com uma parcela significativa de escuridão. Em um mundo dividido, onde muitas instituições estão falindo, Taylor Swift encontrou uma maneira de transcender as fronteiras e ser uma fonte de luz”, disse a revista.

A nomeação foi divulgada pelo veículo nesta quarta-feira, 6, acompanhada de uma rara entrevista com a artista. Taylor falou sobre diversos assuntos, incluindo a regravação de seus álbuns, a sua rixa com Kanye West e Kim Kardashian, e o novo namorado, o astro da NFL Travis Kelce. Veja as principais revelações da entrevista:

‘Cancelamento’ e briga com Kanye e Kim

PUBLICIDADE

Durante a entrevista com a Time, Taylor Swift falou sobre o “cancelamento” que sofreu em 2016, após uma briga pública com Kanye West. Os dois já possuíam uma rixa desde 2009, quando o rapper interrompeu o discurso da cantora em uma premiação para dizer que Beyoncé merecia ter vencido a categoria que Taylor tinha ganho.

West lançou uma música em que chamava Taylor de “v*dia” e alegou que a cantora havia dado permissão para o lançamento. A mulher dele à época, a influenciadora Kim Kardashian, divulgou um vídeo de uma conversa entre os artistas que parecia indicar que ela realmente teria consentido a canção.

Ex-casal Kanye West e Kim Kardashian viveu briga pública com Taylor Swift. Foto: Evan Agostini/Invision/AP

A cantora foi apontada como mentirosa pela opinião pública (a hashtag #TaylorSwiftIsOverParty - “Taylor Swift Está Acabada”, em tradução livre - ficou entre os assuntos mais usados no Twitter). À Time, ela revelou que sentiu que aquela era “a morte de sua carreira”. Anos depois, uma versão completa da gravação vazou, mostrando que Taylor não sabia que seria insultada na canção.

Publicidade

Você tem uma armação totalmente fabricada, em uma ligação telefônica gravada ilegalmente, que Kim Kardashian editou e depois publicou para dizer a todos que eu era uma mentirosa

Taylor Swift à revista 'Time'

“Isso me levou psicologicamente a um lugar onde nunca estive antes. Mudei-me para um país estrangeiro. Não saí de uma casa alugada por um ano. Tinha medo de fazer ligações telefônicas. Afastei a maioria das pessoas de minha vida porque não confiava mais em ninguém. Eu me afundei muito, muito mesmo”, contou.

Venda do catálogo musical

Taylor também falou sobre a venda dos direitos comerciais dos seus álbuns e a decisão de regravá-los. Em 2019, ela deixou a gravadora Big Recordes Machine porque “a química molecular dessa antiga gravadora era que cada escolha criativa que eu queria fazer era questionada”, como disse à Time.

Depois da saída da cantora, o grupo foi vendido para a empresa Ithaca Holdings, do empresário Scooter Braun, que era amigo de ninguém menos que Kanye West. A venda incluía os direitos comerciais dos seis primeiros discos de Taylor - ou seja, cada vez que alguém quisesse usar as músicas comercialmente, quem teria os lucros seria Braun.

Taylor Swift durante apresentação no Allianz Parque, em São Paulo.  Foto: TABA BENEDICTO / ESTADAO

“No caso do Scooter, meus direitos comerciais estavam sendo vendidos a alguém que os queria ativamente por motivos nefastos, na minha opinião”, disse a cantora sobre o assunto. “Eu pensei: ‘Ah, eles me venceram agora. É isso aí. Não sei o que fazer.”

PUBLICIDADE

Como Taylor foi quem escreveu todas as canções, ela tinha o direito de gravá-las novamente. “Eu encontrava a [cantora] Kelly Clarkson e ela dizia: ‘Apenas refaça’. Meu pai também dizia isso para mim. Eu olhava para eles e dizia: ‘Como posso fazer isso? Ninguém quer refazer a lição de casa se, no caminho para a escola, o vento sopra o relatório do livro para longe”, disse.

Mas ela acabou seguindo o conselho e as regravações se tornaram sucessos de venda e no streaming. Também foram a força motivadora para a turnê The Eras, que percorre os 17 anos da carreira da cantora e foi o principal motivo para ela atingir o status de bilionária, segundo a revista Forbes.

Namoro com Travis Kelce

Outro assunto abordado por Taylor Swift foi seu relacionamento com Travis Kelce, jogador de futebol americano. Ela não havia falado sobre o namoro antes. No dia 24 de setembro, ela foi vista em uma partida do Kansas City Chiefs, sentada ao lado da mãe do atleta e vibrando após ele marcar um touchdown.

Publicidade

Travis Kelce e Taylor Swift após um jogo do atleta em outubro.  Foto: Charlie Riedel / AP

Os dois ainda foram filmados andando lado a lado nos bastidores do estádio e flagrados em um carro conversível após a partida. Foi o começo de uma grande mobilização, em especial nos Estados Unidos, a cada vez que os dois eram vistos juntos. Ele chegou a acompanhar Taylor nos shows que ela realizou em Buenos Aires, na Argentina.

“Tudo começou quando Travis, de forma muito adorável, falou de mim em seu podcast, o que eu achei o máximo. Começamos a nos encontrar logo depois disso. Então, na verdade, tivemos um tempo significativo sem que ninguém soubesse, e sou grata por isso, porque pudemos nos conhecer melhor. Quando fui ao primeiro jogo, já éramos um casal. Acho que algumas pessoas pensam que viram nosso primeiro encontro naquele jogo. Jamais seríamos psicóticos a ponto de iniciar um primeiro encontro”, revelou ela.

Quando você diz que um relacionamento é público, isso significa que vou vê-lo fazer o que ele ama, que estamos presentes um para o outro, que outras pessoas estão lá e que não nos importamos. O oposto disso é que você precisa fazer um esforço extremo para garantir que ninguém saiba que você está saindo com alguém. E nós temos orgulho um do outro.

Taylor Swift sobre Travis Kelce

Ela também comentou o fato de que alguns fãs do esporte se irritaram com o fato dela receber muita atenção ao comparecer aos jogos do atleta. “Não sei como eles sabem em que camarote estou”, afirmou.

Taylor Swift, à direita, e Donna Kelce, mãe de Travis Kelce, à esquerda, torcendo pelo atleta. Foto: Ed Zurga/AP

“Há uma câmera a uns 800 metros de distância, e você não sabe onde ela está, e não tem ideia de quando a câmera está colocando você na transmissão, então não sei se estou sendo mostrada 17 vezes ou uma vez. Estou lá apenas para apoiar o Travis. Não tenho consciência se estou sendo exibida demais e irritando alguns pais, Brads e Chads”, completou.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.