PUBLICIDADE

Emilio Dantas sobre o ‘Masked Singer’: ‘Nenhuma novela vai me convidar para ser uma alface’

Ator participou do ‘Mais Você' nesta segunda, 26, e disse ter se divertido ao viver o Pé de Alface no ‘The Masked Singer Brasil’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:
Emílio Dantas após a revelação da identidade do 'Pé de Alface' no 'The Masked Singer Brasil' Foto: Reprodução de 'The Masked Singer Brasil' (2024)/TV Globo

O ator Emilio Dantas, eliminado do The Masked Singer Brasil no último domingo, 25, foi convidado do Mais Você nesta segunda, 26, para falar sobre sua participação no programa. Para ele, a experiência foi uma diversão à parte — ainda que a fantasia pesasse mais de 25 kg: “Eu brinquei com meus amigos que nenhuma novela, ou filme, ou série, vai me convidar para ser uma alface”, disse.

Ao contrário do que parte do público possa pensar, Emilio começou sua carreira como cantor em uma banda de rock — o que já o familiarizava para parte dos desafios na competição, inclusive o de cantar em inglês.

“Sofrência Gringa”

PUBLICIDADE

O ator foi eliminado na disputa contra Preguiça, Mamãe Abacate e Bode — na última edição, todos os personagens cantaram “sofrências”. Emilio escolheu Forget You, sucesso de Cee Lo Green, que ele classificou como “sofrência gringa”.

O “Pé de Alface” conta que escolheu cantar músicas que já conhecia: “Jamais passaria vergonha cantando em inglês em rede nacional”, brincou.

Na batalha com Mamãe Abacate, mudou totalmente de gênero musical e escolheu o pagode Cilada, do Molejo.

Emilio contou que a fantasia passou por ajustes para que ele conseguisse cantar melhor, como colocar toalhas na parte da cabeça pra que ele conseguisse se secar. Relembrou, ainda, o momento em que foi desmascarado comendo... uma alface — tudo ideia dele. “Fiquei um tempo com a alface ali (risos) mas me diverti muito, foi uma oportunidade única. Quis aproveitar ao máximo possível”, disse.

Emilio Dantas contou que vai mostrar seu vídeo como Pé de Alface para os gêmeos de dois anos, Raul e Roque.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.