Publicidade

PSG quer Vini Jr. como ‘vingança’ ao Real Madrid por ter ‘contratado’ Mbappé; entenda

Clube parisiense pode tirar brasileiro da Espanha para mostrar poderio financeiro

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto
Por Leonardo Catto
Atualização:

A ida iminente de Kylian Mbappé ao Real Madrid tem um novo elemento: Vinicius Júnior. O Paris Saint-Germain, insatisfeito em perder o craque francês, tem interesse em tirar o brasileiro da Espanha. A ideia é não só ter um novo astro como principal referência no time, mas também mostrar poderio financeiro na Europa e não se deixar abalar com a saída de Messi, Neymar e, em breve, a de Mbappé. Desde 2011, o PSG pertence ao Qatar Sports Investment, fundo acionário catari.

PUBLICIDADE

A informação foi dada pela rádio francesa RMC e pelo jornal espanhol Sport. A transação não se trataria de uma troca, já que o Real Madrid não precisa pagar nada ao PSG por Mbappé, que simplesmente não terá o vínculo renovado com o clube francês ao fim da temporada. Os veículos afirmam que o PSG ofereceria um valor “pesado” pelo brasileiro, o que seria aceito sem condições de recusa pelo presidente Florentino Pérez. Vale lembrar que o clube francês pagou R$ 808 milhões para tirar Neymar do Barcelona, na negociação mais cara da história.

Esta não é a primeira vez que se fala em uma saída de Vini Jr. do Real Madrid. Em janeiro, o próprio Sport noticiou um interesse do clube em vender o atacante de 23 anos para viabilizar a chegada de Mbappé, que é um desejo antigo do clube madrilenho. Segundo o jornal, Pérez acredita que Mbappé seja melhor do que Vinicius e que eles não poderiam jogar juntos por ocuparem o mesmo espaço no campo. O técnico Carlo Ancelotti já disse várias vezes que Vini é o melhor jogador do mundo.

Mbappé no Real Madrid é desejo antigo de Florentino Pérez, que estaria disposto a renunciar a um de seus principais jogadores. Foto: Alvaro Barrientos/AP

Além disso, a venda do brasileiro que pode viabilizar financeiramente o negócio com Mbappé. Ainda que não tenha que pagar ao PSG, o Real Madrid teria acerto de 120 milhões de euros (R$ 640 milhões) em luvas com o francês. Em termos salariais, há diferentes versões, mas todas apontam que Mbappé teria um decréscimo no que ganha atualmente. No PSG, ele teria 90 milhões de euros (R$ 488 milhões) neste terceiro ano de contrato. Segundo o jornal espanhol As, a pedida para o Real Madrid foi de 50 milhões de euros (R$ 270 milhões).

Já a BBC apurou que ele receberia ainda menos: 15 milhões de euros (R$ 80 milhões) por temporada. Entretanto, a emissora britânica aponta que o valor de luvas é maior, chegando a 150 milhões de euros (R$ 801 milhões), pago em cinco anos. O craque francês ainda manteria uma porcentagem de seus direitos de imagem. Para Vini Jr, a transferência pode representar um aumento nos vencimentos.

De qualquer forma, a chegada de Mbappé a Madri é considerada certa e a maior dúvida é quando será concretizada. A vontade do jogador em deixar o Paris já foi comunicada ao clube, após sete temporadas no PSG e todos os títulos nacionais possíveis - mas uma série de fracassos na Champions League.

Um fator que está na conta para o anúncio do negócio entre Real Madrid e Mbappé é o clube espanhol e o PSG não terem chances de se enfrentar na Champions League desta temporada. Ambas as equipes avançaram para as quartas de final, que terá sorteio para definir os confrontos. Ainda há dúvida sobre o número da camiseta do francês na Espanha. O número 9 está livre desde a saída de Benzema. Com a iminente saída de Luka Modric, a camisa 10 também ficaria à disposição. Se Vini Jr. sair logo depois da chegada do francês, Mbappé poderia manter o número 7.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.