PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O dia a dia dos alunos do Curso Estado de Jornalismo Esportivo

Reforma dos aeroportos cariocas vai custar R$ 781 milhões

Parte dos recursos destinados às obras estavam previstos no PAC 2. No Galeão, melhorias vão duplicar a capacidade dos terminais de passageiros

PUBLICIDADE

Por Tiago Xavier
Atualização:

 

Obra nos banheiros do Galeão deve ficar pronta até julho (Divulgação) Foto: Estadão

Tiago Nicacio - Seleção Universitária - especial para o Estado

PUBLICIDADE

RIO DE JANEIRO - Ponto-chave na infraestrutura necessária para receber a Copa do Mundo de futebol em 2014, o sistema aeroportuário brasileiro tem recebido investimentos pesados para suportar o aumento no fluxo de passageiros. Só nos dois maiores aeroportos do Rio de Janeiro, Galeão e Santos Dumont, serão gastos R$ 781,53 milhões, segundo informações da Infraero. Ainda assim, nem todas as reformas ficarão prontas a tempo do Mundial.

No Aeroporto Internacional do Galeão, as principais melhorias se concentram na reforma dos dois terminais de passageiros e na recuperação e revitalização dos sistemas de pistas e pátios. Ao todo, essas intervenções, que começaram em 2008, irão custar R$ 674,06 milhões, valor previsto na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) do Governo Federal.

Na última sexta-feira, 21, foi iniciada a reforma dos 12 banheiros do terminal 2 do Galeão, setor que tem 27% das obras finalizadas. Para esse remodelamento, que deve ficar pronto até a Jornada Mundial da Juventude, em julho, serão investidos R$ 971,7 mil.

"Os novos banheiros fazem parte dos investimentos da Infraero para melhorar o bem estar dos usuários que passam pelo aeroporto", afirmou Emmanoeth Vieira de Sá, superintendente do Galeão.

Publicidade

O cronograma de obras da Infraero estima que o terminal 2 do Galeão fique pronto em abril de 2014, enquanto as pistas e pátios devem ser entregues ainda este ano, em outubro. O terminal 1, entretanto, é o mais preocupante. Dividido em setores A, B e C, ele deve ter apenas dois terços concluídos até o início do Mundial - a entrega do setor C está prevista para novembro de 2014.

Após todas as modificações, a capacidade do Galeão irá sair dos atuais 17,4 milhões de passageiros por ano para 43,2 milhões em 2014. Para o Mundial, a expectativa é que a demanda de passageiros aumente para 20,2 milhões.

Santos Dumont terá custo menor

No Santos Dumont, cuja capacidade é de 9,9 milhões de passageiros por ano, uma das obras que não ficará pronta antes do início da Copa do Mundo será a reforma do pátio de aeronaves. Ela só foi iniciada em abril deste ano, e deve ser entregue aos usuários em julho de 2015. O custo será de R$ 32, 87 milhões.

Por outro lado, a ampliação dos banheiros, estimada em R$ 288 mil, deve ser concluída ainda este mês. Essa melhoria irá aumentar de cinco para 17 o número de boxes nos sanitários masculino e feminino.

Publicidade

Também constam no cronograma de obras do aeroporto a instalação de dois elevadores para a torre de controle e a ligação do andar térreo entre os terminais de embarque e desembarque. O orçamento para todas essas mudanças será de R$107,47 milhões.

Confira o custo das obras nos aeroportos cariocas Galeão

Intervenções Custos (em reais) Previsão de entrega
Reforma do terminal de passageiros 1 254,1 milhões Setor A - setembro de 2013 Setor B - abril de 2014 Setor C - novembro de 2014
Reforma do terminal de passageiros 2 316,53 milhões Abril de 2014
Revitalização dos sistemas de pistas e pátios 103,43 milhões Outubro de 2013

Santos Dumont

 

Intervenções Custo (em reais) Previsão de entrega
Reforma do pátio de aeronaves 32,87 milhões Julho de 2015
Ampliação dos banheiros 288 mil Junho de 2013
Novos balcões de check-in 474,8 mil Concluída
Fornecimento e montagem de esquadrias e vidros nas fachadas do lado ar e sul do terminal de desembarque 950 mil Janeiro de 2014
Obra de ligação do andar térreo entre os terminais de embarque e desembarque 870 mil Fevereiro de 2014
Fornecimento e instalação de dois elevadores para a torre de controle 1,35 milhão Abril de 2014
Obras adicionais para complementação dos terminais de embarque e desembarque e sistema de pistas de taxi 70,67 milhões Janeiro de 2017

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.