PUBLICIDADE

F-1: ‘Gama de emoções’ e ‘sonho de infância’, revela Hamilton sobre acerto com Ferrari

Heptacampeão de Fórmula 1 defenderá as cores da equipe italiana a partir de 2025; equipe não conquista o mundial desde 2007

Foto do author Róbson Martins
Por Róbson Martins
Atualização:

O heptacampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton comentou sua decisão de deixar a Mercedes para se juntar à Ferrari em 2025. Em uma publicação nas redes sociais neste sábado, 3, o piloto resolveu compartilhar seus sentimentos sobre esse momento significativo na carreira. “Têm sido alguns dias loucos que foram preenchidos com toda uma gama de emoções”, revelou.

PUBLICIDADE

Hamilton lembrou sua trajetória na equipe britânica e o desejo antigo de pilotar pela tradicional escuderia italiana. “Eu me sinto incrivelmente afortunado, depois de conseguir coisas com a Mercedes que eu só poderia ter sonhado quando criança. Agora tenho a chance de realizar outro sonho de infância. Pilotar na Ferrari vermelha.”

O inglês sempre foi almejado pela Ferrari. Detentor de sete títulos mundiais nos últimos anos, ele pilotou até hoje por dois times de F-1: McLaren (2007-2012) e Mercedes (2013-2023), pela qual venceu seis mundiais (2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020).

F-1: Hamilton será piloto da Ferrari a partir de 2025. Foto: Toru Takahashi / AP

“A Mercedes tem sido uma grande parte da minha vida desde os 13 anos, então essa decisão foi a mais difícil que já tive que tomar. Estou incrivelmente orgulhoso de tudo o que alcançamos juntos e sou muito grato pelo trabalho árduo e dedicação de todos com quem trabalhei ao longo dos anos”, destacou o multicampeão.

Ele também aproveitou para ressaltar que seu foco está atualmente na próxima temporada, na qual pretende “voltar aos trilhos” com a atual equipe. “Estou mais motivado, em forma e focado do que nunca, e quero ajudar a Mercedes a vencer mais uma vez. Estou 100% comprometido com o trabalho que preciso fazer e determinado a encerrar minha parceria com a equipe em alta.”

Hamilton se juntará a Charles Leclerc em 2025, visando resgatar o prestígio da Ferrari, cujo último título na F-1 foi conquistado em 2007, com o finlandês Kimi Raikkonen. A temporada 2024, com 24 provas no calendário oficial, começará em 29 de fevereiro, com os primeiros treinos livres do GP do Bahrein. A etapa de São Paulo, em Interlagos, acontece entre 1 e 3 de novembro.

Confira as primeiras corridas da temporada 2024 da Fórmula 1

  • 02/03 - GP do Bahrein
  • 09/03 - GP da Arábia Saudita
  • 24/03 - GP da Austrália
  • 07/04 - GP do Japão
  • 21/04 - GP da China

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.