Publicidade

Verstappen comenta reta final do Brasileirão e surpreende ao revelar time preferido; veja vídeo

Tricampeão da Fórmula 1 mostra, durante transmissão de eSports, que tem acompanhado o campeonato nacional

PUBLICIDADE

Por Leonardo Catto
Atualização:

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Max Verstappen torce para o Vasco. Foi o que o piloto da Red Bull Racing declarou em uma live neste domingo. Verstappen também comentou a reta final do Campeonato Brasileiro, mencionando a queda de rendimento do Botafogo. A participação do Red Bull Bragantino na disputa pelo título foi mencionada, mas o holandês não comentou.

PUBLICIDADE

A live era uma transmissão do campeonato de eSports da Associação Internacional de Esportes a Motor (a ISMA, na sigla, em inglês). O piloto participava como comentarista, enquanto os jogadores disputavam uma simulação de corrida no Watkins Glen International, autódromo de Nova York. Um espectador comentou na Twitch que o Red Bull Bragantino havia conseguido empatar com o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro.

Foi então que Verstappen mostrou que acompanhava o futebol do País. Ele mencionou que o Botafogo liderava com folga o campeonato, mas vinha perdendo jogos importantes. Na sequência, o apresentador Luke Crane perguntou para qual time o piloto da Red Bull torceria, se tivesse que escolher um no Brasil. O holandês refletiu e respondeu: “Eu vou com Vasco da Gama”.

“Está bem empolgante a liga brasileira no momento. Há muitos times muito próximos. Botafogo estava liderando milhas a frente, mas nos últimos jogos eles vêm perdendo e empatando”, comentou Verstappen ainda antes de “identificar-se” como vascaíno. O apresentador emendou que ele escolheria o Grêmio, por ser o clube que revelou Ronaldinho Gaúcho.

O curioso é que a Red Bull, que investe em mais de 80 esportes, é dona tanto da equipe de Verstappen, quanto do Bragantino, desde 2021. A menção ao time foi o que fez o apresentador ler o comentário para o piloto. A explicação para que o holandês não escolha o time de Bragança Paulista, porém, pode ser por um motivo familiar. Desde 2020, Verstappen namora a brasileira Kelly Piquet, filha do também tricampeão de F-1 Nelson Piquet. E o sogro do holandês é vascaíno. Agora, tal qual o genro.

Verstappen em encontro com Piquet antes do GP de Interlagos em 2021. Foto: Reprodução/Instagram

Tricampeonato com antecedência e vitória no Brasil

Max Verstappen conquistou o título mundial da F-1 2023 ainda em outubro, no GP do Catar. A conquista foi com seis provas restantes para o final da temporada. Depois, o holandês ainda venceu os GPs dos Estados Unidos, do México e do Brasil. A F-1 retorna em 19 de novembro com o GP de Las Vegas e encerra a temporada em Abu Dhabi, em 26 de novembro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.