PUBLICIDADE

Lula não disse que alta nos alimentos é estratégia para facilitar jejum na Semana Santa

Declaração atribuída ao presidente foi inventada por página de humor; brincadeira foi compartilhada nas redes como se fosse verdade

Por Bernardo Costa
Atualização:

O que estão compartilhando: que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou, em mais um discurso de improviso, que a alta no preço dos alimentos foi uma estratégia para facilitar o jejum praticado por católicos na Semana Santa.

O Estadão Verifica apurou e concluiu que: é sátira. A fonte da suposta declaração é a página humorística Sensacionalista, do jornal O Globo, que inventa declarações de autoridades para fazer graça com o noticiário. Postagens no Instagram compartilharam a brincadeira como se fosse verdade.

Captura de tela da postagem verificada Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

Saiba mais: A seção Sensacionalista, do jornal O Globo, que publicou o texto, é uma página de humor que se define como “o jornal isento de verdade”. No perfil no Instagram, a classificação é “humorista”. Já no X, a definição é “comediante”. O texto do Sensacionalista foi reproduzido nas redes sociais e enviado por WhatsApp sem a informação da fonte, o que levou pessoas a acreditarem que a declaração inventada para fins satíricos era real. É o que se percebe em diversos comentários no Instagram, como: “triste demais saber que um ‘presidente’ debocha de um assunto que muitas famílias sofrem por falta de ter o que comer”, “cada fala desse cara é uma cusparada na cara do povo” e “chamando todos nós de palhaços”.

Ainda nos comentários, há internautas que alertam sobre a fonte: “não se deixe levar por falsa informação. O site do qual vem a informação é de humor” e “isso é matéria de humor do @jornalsensacionalista. Noticiar isso sem dar os créditos ou deixar claro que é HUMOR, é muito desonesto”.

Comentário de internauta que demonstra ter acreditado que declaração era real e de outro que alerta para a fonte em página de humor Foto: Reprodução/Instagram

Em uma visita à página do Sensacionalista percebe-se de forma evidente o caráter satírico das publicações, que aproveitam o noticiário para fazer graça. Por exemplo: no texto intitulado “Jair pede passaporte para ir a Israel, mas Xandão só libera se ele for para Gaza”, é inventada a seguinte declaração de Bolsonaro: “Não vou fugir, Xandão, vou ficar lá no máximo 30 anos, tá ok?”. A publicação faz referência ao fato de o ex-presidente ter tido o passaporte apreendido na operação Tempus Veritatis após autorização do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Já em meio às especulações recentes pelo “sumiço” de Kate Middleton, a princesa de Gales, o Sensacionalista publicou texto com o título “Polícia de Mossoró vai investigar desaparecimento de Kate Middleton”, numa referência às buscas por dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, em 14 de fevereiro, e que ainda não foram encontrados.

O que aprender com esta verificação: Uma busca na internet pela declaração inventada de Lula levará à página Sensacionalista. A data da publicação é anterior às reproduções em blogs e em redes sociais que omitem a fonte a causam confusão, o que mostra que a seção humorística do jornal O Globo é a origem do texto. Na consulta também é possível constatar que tal declaração não foi publicada em nenhum veículo de imprensa, o que seria impensável caso ela fosse real.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.