PUBLICIDADE

Princesa Kate Middleton é vista em público pela primeira vez após cirurgia abdominal

Imprensa dos Estados Unidos publicou uma foto de Catherine de óculos escuros, no banco do carona em um carro dirigido por sua mãe; ela não era vista desde o Natal

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A princesa de Gales, Kate Middleton, foi flagrada em público nesta semana pela primeira vez desde sua hospitalização para uma cirurgia abdominal, em meados de janeiro, após semanas de “sumiço” em compromissos reais. Kate foi vista por fotógrafos da imprensa dos Estados Unidos, que publicou uma foto dela em um carro, perto de Londres.

A princesa, 42 anos, foi internada em 16 de janeiro para uma intervenção cirúrgica no abdômen que não teve as razões divulgadas. A imprensa britânica afirmou que não se trata de câncer.

PUBLICIDADE

O programa americano Entertainment Tonight mostrou uma foto e citou uma testemunha que disse que Kate Middleton, agora conhecida como princesa Catherine, foi vista perto de Londres na manhã de segunda-feira, 4. Na foto, a mulher do príncipe William aparece de óculos escuros, no banco do carona em um carro dirigido por sua mãe.

A imagem não foi repercutida pela imprensa do Reino Unido. Segundo o jornal Daily Mail, a imagem não foi publicada no Reino Unido porque o Palácio de Kensington, a residência oficial do casal real, “fez um apelo para que (Catherine) pode se recuperar de maneira privada”.

No momento da internação, o Palácio anunciou que duraria de 10 a 14 dias, uma hospitalização relativamente longa que gerou muitas especulações nos tabloides britânicos, nos quais a princesa aparece nas primeiras páginas com frequência Ela se recupera da cirurgia na residência da família em Windsor, no oeste de Londres, e não deve retomar suas atividades antes da Páscoa, em 31 de março.

Catherine foi internada em 16 de janeiro para uma cirurgia no abdômen que não teve as razões divulgadas. Foto: HANNAH MCKAY / AFP

O tempo ausente dos compromissos reais levantou especulações sobre o estado de saúde da princesa, especialmente após o príncipe William ter cancelado sua ida em um serviço de memorial para seu padrinho, Rei Constantino dos Helenos, que morreu em janeiro de 2023.

A hospitalização de Catherine aconteceu quase simultaneamente ao anúncio de que o rei Charles III havia sido internado para uma cirurgia devido ao aumento benigno da próstata. Pouco depois, o monarca foi diagnosticado com câncer./AFP.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.