Morte de Prighozin: vídeo mostra suposto acidente do avião do líder do Grupo Wagner; assista

Em junho, Prigozhin liderou um motim contra o presidente russo Vladimir Putin por insatisfações na guerra da Ucrânia

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Um vídeo compartilhado em canais do Telegram mostra o suposto momento em que o avião onde estava líder do grupo Wagner, Ievgeni Prigozhin, cai em Tver, na Rússia. O governo russo confirma que todas as 10 pessoas a bordo de uma aeronave de pequeno porte morreram no acidente perto de Moscou e que Prigozhin estava entre os passageiros.

Em junho, Prigozhin liderou um motim contra o presidente russo Vladimir Putin por insatisfações na guerra da Ucrânia. Ele chegou a marchar contra Moscou, mas recuou após um acordo mediado pelo ditador de Belarus, Alexsander Lukaschenko, e ficou exilado no país. Nesta terça-feira, 22, ele reapareceu em um vídeo publicado no seu canal do Telegram dois meses depois do motim e aparentava estar na África.

O líder do grupo mercenário Wagner, Ievgeni Prigozhin Foto: Yulia Morozova/Reuters

PUBLICIDADE

“Foi iniciada uma investigação sobre a queda da aeronave Embraer, que ocorreu esta noite na região de Tver”, disse a Agência Federal de Transporte Aéreo da Rússia, segundo a TASS. “De acordo com a lista de passageiros, entre eles está o nome e sobrenome de Ievgeni Prigozhin.”

O jato viajava do aeroporto Sheremetievo, em Moscou, para São Petersburgo, na Rússia, e caiu menos de 30 minutos após a decolagem, disse a agência russa.

Dados de rastreamento de voo analisados pela Associated Press mostram que um jato particular registrado em nome do Grupo Wagner que Prigozhin havia usado anteriormente decolou de Moscou na noite de quarta-feira e seu sinal desapareceu minutos depois.

O sinal foi perdido em uma região rural onde não há aeródromos próximos onde o jato pudesse pousar com segurança.

Readovka, uma conta no aplicativo Telegram que é conhecida por ser próxima das autoridades russas, disse que os relatos sobre a morte de Prigozhin eram “prematuros” e que “Ievgeni Prigozhin poderia estar em um avião diferente”./Com AP e NYT

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.