Vídeo: trem de carga percorre, sem maquinista, 70 quilômetros a 100 km/h na Índia

Comboio, carregando lascas de pedra, havia parado em estação para troca de maquinistas; não houve relato de feridos ou de dano a propriedades

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

A Indian Railways, operadora do sistema ferroviário nacional da Índia, abriu nesta segunda-feira, 26, um inquérito de investigação após um trem de carga percorrer um trecho de 70 quilômetros sem maquinista, no domingo, 25. Não houve relato de vítimas ou danos a propriedades.

PUBLICIDADE

“Nós ordenamos um inquérito”, afirmou Deepak Kumar, porta-voz da Northern Railways. Quase 50 vagões, carregados com lascas de pedra, viajaram sem maquinista a 100 km/h entre as regiões de Jammu e Caxemira para Punjab, ambass no norte do país. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o trem, de 53 vagões, atravessando estações em alta velocidade.

O incidente começou na estação de Jammu, onde o trem estava estacionado para a mudança da equipe, segundo a imprensa local. Após a saída do maquinista e de sua equipe, o trem começou a andar sozinho na ferrovia que fica em uma encosta.

O trem parou perto de Unchi Bassi, depois de percorrer uma distância de mais de 70 quilômetros. Os vagões foram paralisados com a ajuda de sacos de areia e pedras. Funcionários ao longo das estações foram colocados em alerta ao longo da rota.

A Índia, que tem uma das maiores redes ferroviárias do mundo, registra acidentes com frequência. O mais grave aconteceu em 6 de junho de 1981, no Estado de Bihar, quando sete vagões de um trem que atravessava uma ponte caíram no rio Bagmati. A tragédia deixou entre 800 e 1.000 mortos./AFP.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.