Bill Gates enfureceu Elon Musk por apostar US$ 500 milhões contra a Tesla: ‘Pura hipocrisia’

Buscando ações conjuntas de filantropia, bilionários discordaram sobre impacto dos carros elétricos para mitigar as mudanças climáticas na Terra

PUBLICIDADE

Foto do author Guilherme Guerra
Por Guilherme Guerra
Atualização:

Homens mais ricos do mundo, Elon Musk e Bill Gates tentaram unir os bilhões de dólares em conta corrente para decidir estratégias de filantropia, um dos temas preferidos do cofundador da Microsoft. Mas o novo dono do Twitter desistiu da parceria ao descobrir que, pouco antes, o pai do Windows havia feito um desinvestimento na Tesla, montadora de carros elétricos criada por Musk, da ordem de US$ 500 milhões.

PUBLICIDADE

Os detalhes dessa troca de farpas, realizadas entre março e abril de 2022, foram revelados por uma nova biografia sobre Elon Musk, escrita pelo jornalista americano Walter Isaacson, autor de biografias sobre Steve Jobs e Leonardo da Vinci. O livro está planejado para chegar às lojas de todo o mundo no próximo dia 12, publicado pela Ed. Intrínseca no Brasil a partir de R$ 70.

Nesta sexta-feira, 8, o Estadão publica um excerto inédito da obra. Leia na íntegra aqui.

Enquanto tentavam acertar detalhes de ações conjuntas de filantropia, Musk aproveitou o contato para tentar entender o que levou Gates a vender a descoberto milhões de dólares em ações da Tesla, apostando que os papéis da montadora iriam desvalorizar e, com isso, ganharia dinheiro.

“Você continua apostando meio bilhão de dólares contra a Tesla?”, escreveu Musk para o cofundador da Microsoft em meados de abril de 2022. Em resposta, Gates tentou se esquivar, dizendo que preferia tratar de filantropia.

“Lamento. Não posso levar a sério a sua filantropia sobre clima se você está apostando tão alto assim contra a Tesla, a empresa que mais trabalha para resolver a questão climática”, escreveu Musk a Gates por mensagem, diz a biografia.

Por volta da mesma época, Musk foi ao Twitter publicar uma fotografia de Bill Gates, onde o bilionário aparece com uma barriga saliente, e escreveu: “Caso você precise acabar rapidinho com uma ereção”.

Publicidade

Grimes: ‘Competição para ver quem tem o pinto maior’

Em entrevista posterior ao biógrafo Walter Isaacson, Elon Musk relembrou a confusão: “Como alguém pode dizer que é apaixonado pela luta contra as mudanças climáticas e aí fazer algo que reduzia o investimento total na empresa que mais estava fazendo algo nessa direção? É pura hipocrisia. Por que ganhar dinheiro com o fracasso de uma empresa automotiva de energia sustentável?”.

Também ao biógrafo de Musk, Gates tentou colocar panos quentes e amenizar a questão: “Eu pedi desculpa. Quando ficou sabendo que eu tinha feito venda a descoberto, ele foi supergrosseiro comigo, mas ele é supergrosseiro com muita gente, então não dá para levar muito para o lado pessoal.”

Foi a artista canadense Grimes, ex-namorada de Musk e mãe de dois de seus filhos, quem resumiu a questão ao livro: “Acho que é meio que uma competição para ver quem tem o pinto maior”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.