Quer fugir do peso da idade? Não pergunte ao TikTok quantos anos você tem

Nova onda no aplicativo é pedir para que pessoas desconhecidas adivinhem a sua idade

PUBLICIDADE

Por Madison Malone Kircher

THE NEW YORK TIMES - Cherri Gervais ganhou os primeiros cabelos brancos quando era adolescente.

“É genético”, diz ela.

A cor de seu cabelo, um tom marcante de prata, foi a primeira coisa que as pessoas no TikTok notaram quando ela pediu aos seguidores que dissessem quantos anos ela aparentava ter.

Os palpites variavam muito. Muitas estavam corretas ou próximas, diz ela - ela fez 34 anos este mês. Outros sugeriram que ela estava na casa dos 60 ou 70 anos.

Nova trend no TikTok envolve adivinhar a idade do dono do vídeo Foto: Mike Blake/Reuters

PUBLICIDADE

Gervais, que mora no Kansas, disse que decidiu publicar seu vídeo depois de encontrar vídeos semelhantes no aplicativo chinês.

“Vi alguém da Geração Z fazer isso porque estavam dizendo que a Geração Z está envelhecendo mais rápido”, diz ela, referindo-se a uma teoria online que argumenta que adolescentes e jovens adultos estão envelhecendo mais rapidamente e de forma mais visível do que seus colegas millennials.

O vídeo dela faz parte de uma tendência na qual os usuários, em sua maioria mulheres, pedem a estranhos que comentem sobre suas aparências. Gervais afirma que muitos dos comentários que recebeu foram indelicados.

Publicidade

“As pessoas me disseram para pintar o cabelo, para colocar cílios postiços, para arrumar as sobrancelhas”, diz ela. Muitos sugeriram que ela parecia uma “mãe de meia-idade”. “Não há nada de errado nisso”, acrescentou Gervais. “Mas eu não sou uma mãe.”

Jalisa Silva-Toney, uma estudante de 21 anos, também participou. “Eu só estava curiosa”, diz ela, afirmando que as pessoas frequentemente erram sua idade.

Parte do motivo pelo qual ela quis publicar seu vídeo, diz, foi porque não tinha visto muitas outras mulheres negras participando. Ela acrescentou que a cultura de comparação constante do TikTok pode estar alimentando a tendência e o debate mais amplo sobre as linhas de expressão e a elasticidade da pele de sua geração.

Pri Maha, analista de negócios em Atlanta, diz que pediu às pessoas que adivinhassem sua idade em um vídeo recente do TikTok, principalmente por curiosidade.

“Vejo conteúdo de grandes influenciadores que têm apenas 23 anos e estão aplicando botox”, Maha, 27 anos. “Às vezes, isso me faz pensar: ‘Ah, será que eu deveria estar fazendo isso, já que sou mais velha?’”.

Ela acrescentou: “Sinto que há um impulso quando vejo garotas mais jovens fazendo plástica ou apenas tentando parecer o mais jovem possível, quando ainda são muito jovens.”

No entanto, nem todo mundo estava nessa apenas por curiosidade.

Publicidade

“Sou muito casca grossa e poucas coisas ferem meus sentimentos”, diz Morgan Driscoll, que trabalha com comunicações em uma empresa de tecnologia e mora em Weymouth, Massachusetts. “Eu sabia que valia a pena postar por causa das visualizações.”

Por ser uma pessoa que almeja ter um grande número de seguidores no TikTok, Driscoll, 30 anos, viu a participação na trend como uma espécie de oportunidade de negócios.

“Não publiquei porque estava procurando validação”, diz ela. “Publiquei porque sabia que teria engajamento.”

Ela estava certa: seu vídeo foi visto mais de 100 mil vezes.

A maioria dos comentários era sobre suas sobrancelhas. “Tenho sobrancelhas ‘millennial’”, diz Driscoll. Isso significa que suas sobrancelhas são finas. Ela decidiu “corrigi-las” com base no feedback do TikTok.

“Acho que o pior que recebi foi um comentário dizendo que meu pescoço está ficando mais grosso, o que é uma loucura”, acrescentou. “Acabei de fazer 30 anos!”

Mas para muitos tiktokers, qualquer engajamento é um bom engajamento.

Publicidade

“Um comentário é um comentário”, diz Driscoll. “Não me importa se são trolls. Não me importo se me dizem que pareço um sapo. Só quero os comentários.”

Este conteúdo foi traduzido com o auxílio de ferramentas de Inteligência Artificial e revisado por nossa equipe editorial. Saiba mais em nossa Política de IA.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.