Microsoft confirma parceria bilionária com empresa do ChatGPT

Valor exato não foi divulgado pela empresa, mas estima-se que possa chegar a US$10 bilhões

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

Microsoft e OpenAI estão mais unidos do que nunca para conquistar uma fatia maior do mercado de inteligência artificial (IA). Nesta segunda-feira, 23, a empresa de software confirmou um investimento bilionário na Open AI, criadora da inteligência artificial (IA) ChatGPT. O valor exato não foi divulgado pela empresa, mas estima-se que possa chegar a US$10 bilhões.

PUBLICIDADE

“Formamos nossa parceria com a OpenAI em torno de uma ambição compartilhada de avançar com responsabilidade a pesquisa de ponta em IA e democratizar a IA como uma nova plataforma de tecnologia”, disse o CEO da Microsoft, Satya Nadella, no comunicado.

O contrato foi assinado como uma parceria de “vários anos” e a Microsoft deverá integrar ferramentas de inteligência artificial (IA) da OpenAI em todos os seus produtos — a ideia é que elas sejam utilizadas pelos seus clientes corporativos. Informações sobre um possível acordo já haviam sido divulgadas na última semana por Nadella, durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

Segundo Nadella, a empresa precisa de algo que “mude verdadeiramente a curva de produtividade para que tenhamos crescimento econômico real” - na visão da companhia isso significa ferramentas de IA. No evento, ele anunciou que os clientes do serviço de nuvem Azure terão acesso ao ChatGPT, modelo de IA que gera informações e textos a partir de comandos de texto.

Parceira antiga

Antes disso, em 2019, a Microsoft já havia aportado US$ 1 bilhão na OpenAI. Com a empolgação da indústria, a startup pode ser avaliada em US$ 29 bilhões, o que faz dela uma das startups mais valiosas dos EUA.

Atualmente, a Microsoft vem trabalhando para integrar o ChatGPT ao seu buscador Bing, concorrente do Google. Além disso, no início do mês de janeiro, a empresa chegou a apresentar a sua própria IA, VALL-E, capaz de imitar vozes de pessoas.

Todos os produtos da Microsoft terão ferramentas de IA para mudar completamente o produto. Para isso, a companhia do Windows vai usar os modelos da OpenAI, empresa que fez barulho no ano passado com modelos como o DALL-E 2 e o próprio ChatGPT. Os sistemas estão liderando um campo chamado “inteligência artificial generativa”, que gera texto e imagens a partir de comandos simples de texto.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.