PUBLICIDADE

Sony vai demitir 900 pessoas no mundo e fechar escritório em Londres

Gigante japonesa fará cortes na sua divisão de games

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

THE WASHINGTON POST - A Sony anunciou nesta terça, 27, que demitirá 900 pessoas de sua divisão de videogames em todo o mundo, ou cerca de 8% de seus funcionários, e que fechará seu escritório em Londres.

“Após uma análise cuidadosa e muitas discussões de liderança ao longo de vários meses, ficou claro que mudanças precisam ser feitas para continuar a expandir os negócios e desenvolver a empresa”, escreveu nesta terça-feira o presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, para a equipe.

Responsável pelo Playstation, Sony vai fazer cortes em sua divisão de games  Foto: Kiyoshi Ota / Bloomberg

PUBLICIDADE

A Sony disse que as demissões também afetarão os fabricantes de jogos Insomniac (o estúdio por trás do Homem-Aranha), Naughty Dog (The Last of Us) e Guerrilla (Horizon), três de suas subsidiárias mais bem-sucedidas.

As ações da Sony despencaram no início deste mês com a notícia de que estava cortando as projeções para seu console PlayStation 5. Mais de 6 mil trabalhadores do setor de videogames perderam seus empregos este ano, pois os orçamentos dispararam e as empresas de jogos enfrentaram uma desaceleração dos gastos pós-pandemia e o aumento das taxas de juros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.