Publicidade

Publicidade

Receita

5 receitas de caipirinha para aproveitar o final do ano

Confira receitas de caipirinha e dicas do bartender Laércio Zulu para nunca mais errar o preparo do drinque e fazer bonito na virada do ano

Copo alto com líquido laranja, fatias de limão, pedaços de morango e muito gelo. O copo está em cima de uma mesa de madeira. Ao fundo, metade de uma cadeira de madeira arredondada e parede de pedra cinza. Foto: Rubens KatoFoto: Rubens Kato

Fim de ano pede uma caipirinha, né? Drinque favorito dos brasileiros, a caipirinha é presença garantida nos bares e restaurantes do país. O coquetel é versátil e vai bem com diversas frutas e destilados, mas, apesar de popular e simples, muita gente ainda comete erros na hora de fazer a bebida.

Se você também quer saber como fazer caipirinha de profissional, precisa conferir essas cinco receitas de caipirinha, elaboradas pelo bartender Laércio Zulu. As receitinhas vêm acompanhadas de cinco dicas preciosas para fazer a caipirinha perfeita.

Caipirinha de amora Foto: Rubens Kato

Caipirinha de amora

A caipirinha de amora do Zulu leva gengibre e limão, uma combinação com resultado refrescante e divino. E o bartender dá a dica: copos menores (200 a 280 ml) te entregam uma experiência melhor. Uma caipirinha curta ressalta o sabor da fruta e evita o amargor após a diluição, coquetéis em copos gigantes só servem para engajamento nas mídias sociais.

PUBLICIDADE

Caipirinha de manga com morango Foto: Rubens Kato

Caipirinha de manga com morango

Poucas pessoas se arriscam a fazer uma caipirinha de manga, mas a receita do Zulu prova que o coquetel vai bem com qualquer fruta e que o mais brasileiros dos drinques também combina com essa fruta doce e tropical. O bartender faz um alerta: o gelo nunca foi inimigo de drinque algum, mas deve ser usado com cuidado. No caso da caipirinha, é importante se atentar ao volume. Coloque gelo no copo por inteiro, não adianta deixar os cubos boiando no coquetel.

Caipirinha de maracujá e caju Foto: Rubens Kato

Caipirinha de maracujá com caju

PUBLICIDADE

Caipirinha de maracujá já virou um clássico, mas o Zulu foi além e acrescentou caju ao preparo. Se você curte uma mescla de sabores, deve experimentar a caipirinha de maracujá com caju, a receita acertou em cheio ao unir essas duas frutas. E a dica de quem mais entende é: fique atento ao açúcar: a forma ideal para adoçar sua caipirinha é usando xarope de açúcar. O xarope é basicamente açúcar diluído em água - 2 partes de açúcar para 1 parte de água. Mas os amantes do bom e velho açúcar cristal ainda podem ficar tranquilos - Zulu afirma que aqueles cristaizinhos junto a polpa da fruta sempre serão bem-vindos.

Caipirinha de limão perfeita Foto: Rubens Kato

Caipirinha de limão

Agora é a hora da tradicional caipirinha de limão. Apesar de todas as novidades, esta continua sendo a mais amanda e mais pedida, afinal, clássico é clássico, né? Mas o Zulu lembra que os drinques feitos com frutas cítricas, como laranja e limão, também têm lá os seus segredos. As frutas devem ser cortadas em fatias finíssimas, para facilitar a maceração sem extrair tanto óleo essencial da casca, que é justamente o que pode amargar a experiência.

‘Combinadinho’, caipirinha de maracujá e framboesa Foto: Rubens Kat

PUBLICIDADE

‘Combinadinho’, caipirinha de maracujá e framboesa

Por fim, um coquetel diferente, com um ingrediente curioso. O ‘combinadinho’ é uma caipirinha de maracujá com framboesa. A junção das duas frutas já seria meio arrojada, mas o diferencial aqui é o picolé usado na finalização. Dica que talvez seja a valiosa: sempre invista em uma cachaça de qualidade para preparar sua caipirinha, qualquer tipo de drinque tem relação direta com a qualidade do seu destilado.


Gosta de drinques com cachaça? Veja também:

+ Cachaça Sour, drink fácil e rápido

PUBLICIDADE

+ Drink de cachaça com caju

+ Banzeiro, drink de cachaça e gengibre do Laércio Zulu

+ Jambu sour

+ Caipirinha de kiwi

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE