PUBLICIDADE

Publicidade

Franquia: quais são os setores mais baratos? Veja opções a partir de R$ 7,5 mil

Quanto custa abrir uma franquia barata e onde estão as melhores oportunidades para investir com pouco dinheiro?

PUBLICIDADE

Foto do author Felipe Siqueira
Por Felipe Siqueira
Atualização:

Quais são os setores de franquias em que o valor de investimento inicial costuma ser mais barato? O Estadão conversou com especialista para entender a realidade do mercado.

PUBLICIDADE

A resposta depende muito da marca. Empresas diferentes de segmentos semelhantes podem ter preços muito discrepantes. Além do segmento de atuação, o modelo de negócio vai fazer muita diferença nessa conta.

A estrutura necessária para a viabilização de um empreendimento é um dos tópicos que despendem mais recursos por parte do empresário.

Se a franquia for home based (que pode ser tocada de dentro de casa), a quantia necessária para a operacionalização vai ser bem menor.

Franquias home based tendem a ser mais baratas para investir. Foto: Divulgação

Tão ou mais importante que o segmento da franquia, é o custo para colocar o negócio em operação.

Segundo o vice-presidente de consultoria do Grupo 300 Franchising Ecossistema de Alto Impacto, Lucien Newton, os custos das home based se resumem a know how, direito de uso de marca, treinamentos e eventuais produtos. Por isso, elas tendem a ser mais baratas.

“Depois da pandemia, que fez com que negócios fechassem e tivessem prejuízos, surgiram muitos empreendimentos dessa natureza, nos quais você trabalha com a mesa que já tem, o escritório que já usa, o telefone e o plano de internet que você utiliza”, explica.

Publicidade

Gastos com compra de ponto, aluguel e despesas do dia a dia, como energia, telefone, internet, entre outros, estão entre os itens que mais encarecem um negócio.

Nesses modelos home based, ressalta Newton, marcas das áreas comerciais e de prestação de serviços acabam levando uma certa vantagem, como corretoras de seguros, agências de viagens e fintechs - especializadas em ofertas de crédito.

“Até existe comercialização de produtos, como pode ser o caso de roupas. Mas o varejo, no geral, tem uma necessidade visual, uma necessidade que o cliente tem de tocar (para verificar a qualidade). E o serviço nem sempre”, fala.

Você está pronto para ter uma franquia?

Por terem valores de entrada mais baixos e por não exigirem uma estrutura externa já que são home based, esses modelos de negócio costumam ter um ponto negativo, de acordo com Newton.

PUBLICIDADE

“Tem gente que não consegue desempenhar bem sem estar em um ambiente que seja voltado para isso, um ambiente corporativo, por exemplo.”

Isso pode provocar o que ele chama de evasão de franqueados, que acontece quando a pessoa compra o direito de usar a marca, mas não exerce o serviço.

Isso está atrelado, segundo Newton, à falta de disciplina, compromisso e organização.

Mas quem consegue superar isso pode abrir um negócio com retornos interessantes, afirma o especialista.

Confira opções de franquias baratas a partir de R$ 7,5 mil

Veja a seguir opções para investir em franquias baratas. Os dados são todos fornecidos pelas empresas.

Clube Turismo

Microfranquia de turismo, com foco em agenciamento de viagens. Possui o investimento inicial mais baixo deste levantamento, considerando o modelo home based.

  • Investimento inicial: R$ 7,5 mil (não há necessidade de capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 20 mil
  • Lucro médio mensal: 7,5%
  • Prazo de retorno: 5 meses
  • Prazo de contrato: 2 anos
  • Royalties: 2,5% do faturamento
  • Taxa de manutenção mensal: R$ 90

CredFácil

A CredFácil é focada no setor de serviços financeiros, como oferecimento de crédito. De acordo com a empresa, são mais de mil unidades no Brasil. Veja a seguir dados do home based. A marca recomenda um capital de giro de R$ 7,5 mil, mas que não é obrigatório.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 20 mil (não inclui capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 130 mil
  • Lucro médio mensal: de 3,8% a 11,5%
  • Prazo de retorno: 6 meses
  • Prazo de contrato: 5 anos

Ceopag

Microfranquia focada em meios de pagamentos eletrônicos. Especializada em PMEs e MEIs, está presente em 24 estados, com mais de 600 franquias.

  • Investimento inicial: R$ 35 mil (incluso capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 10,25 mil
  • Lucro médio mensal: 50%
  • Prazo de retorno: 12 meses
  • Prazo de contrato: 5 anos
  • Royalties e taxas/mês: 15% sob o faturamento

Love Gifts

Empresa do mercado de presentes criativos. Marca tem mais de 70 franquias no Brasil. Veja os dados do modelo home based.

  • Investimento inicial: R$ 20 mil (incluso capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 15 mil
  • Prazo de retorno: 12 a 18 meses
  • Tempo de contrato: 12 meses
  • Lucro médio mensal: de 20% a 30%
  • Royalties: 8% sobre as vendas
  • Taxa de marketing: 2% sobre as vendas

SuperGeeks

A SuperGeeks é uma escola de programação robótica. Confira a modalidade home based.

  • Investimento inicial: R$ 16,5 mil (incluso capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$20 mil
  • Lucro médio mensal: de 35% a 55%
  • Prazo de retorno: de 12 a 24 meses
  • Tempo de contrato: 3 anos

Sonhagro

A Sonhagro é uma empresa especializada em soluções de crédito rural. São 53 unidades, presentes em 18 Estados. Veja os dados do modelo home based.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 25 mil (incluso capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 17.196,47
  • Lucro médio mensal: acima de 58,6%
  • Prazo de retorno: entre 4 a 6 meses
  • Duração do contrato: 5 anos
  • Royalties: 25% sobre o faturamento

Publicidade

Os dados citados neste texto foram coletados originalmente em setembro de 2023.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.