Rodízio de pão de alho: mãe e filha investiram R$ 7.000 no começo e hoje faturam R$ 900 mil

Negócio surgiu na pandemia e estourou após foto do produto viralizar nas redes sociais

Foto do author Adele Robichez
Por Adele Robichez
Atualização:

Janaína de Oliveira Vannucci, de 44 anos, e sua filha Nathália, de 23, começaram a empreender na pandemia com vendas de pão de alho na porta de casa. Hoje elas são proprietárias do restaurante Senhor Pão de Alho, em Guarulhos (SP), que oferece rodízio do produto com diferentes recheios, como picanha, filé mignon e coração de frango. Em 2022, faturaram R$ 900 mil, e projetam atingir a marca de R$ 1 milhão neste ano.

PUBLICIDADE

A crise do coronavírus em 2020 fez Nathália deixar seu emprego como atendente de telemarketing. Inquieta em casa, sugeriu à mãe que aproveitassem a oportunidade para empreender. Mesmo trabalhando remotamente em uma empresa de assessoria financeira, Janaína aceitou o desafio.

A ideia surgiu durante pesquisas, quando Janaína se deparou com uma receita de pão de alho recheado com coração de frango enquanto assistia à televisão. Inspiradas por um casal no Rio de Janeiro que obteve sucesso vendendo o produto, mãe e filha decidiram arriscar em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Restaurante em Guarulhos (SP) faz sucesso com rodízio de pão de alho Foto: Divulgação/Senhor Pão de Alho

Começaram com R$ 7.000 vendendo pão de alho a vizinhos

Começaram em outubro de 2020 com um forno, uma geladeira e um freezer na área da churrasqueira de casa. O investimento inicial foi de R$ 7.000, incluindo os ingredientes e as embalagens. Inicialmente, as vendas eram direcionadas a familiares, vizinhos e amigos próximos.

Com o tempo, as empresárias decidiram investir em fotos profissionais para as redes sociais, o que ajudou a impulsionar o negócio. As imagens dos variados pães de alho viralizaram na internet após serem publicadas pelo fotógrafo em um perfil de indicação de comidas.

“Nesse dia, tivemos que fechar os portões em dez minutos”, conta Janaína. Na época, as duas só tinham o apoio de um motoboy para o delivery, e ingredientes contados nos dedos. Atualmente, o Instagram da marca acumula 42,2 mil seguidores.

Mãe e filha, Janaína de Oliveira Vannucci e Nathália de Oliveira começaram a empreender em casa, durante a pandemia Foto: Arquivo pessoal

Clientes comiam pão de alho na calçada

Desde a publicação das fotos, a rua sem saída onde fica a residência de Janaína de Oliveira Vannucci e Nathália de Oliveira tornou-se insuficiente para comportar os clientes. “A porta da minha casa vivia cheia. As pessoas comiam na rua mesmo, ficavam na calçada”, explica a mãe.

Publicidade

Em junho de 2021, as empreendedoras inauguraram o restaurante Senhor Pão de Alho no bairro Jardim Barbosa. O estabelecimento, com capacidade para 60 pessoas, começou apenas com o suporte do marido de Janaína, e agora emprega três funcionários fixos e mais dois extras nos fins de semana.

“Não tínhamos nenhuma intenção de abrir um espaço físico. Nunca tínhamos trabalhado com cozinha. No começo, não sabíamos direito como agir, ainda estávamos entendendo a forma de preparo, os sabores, como armazenar os pães e as carnes… perdíamos muita mercadoria” relembra Janaína.

O rodízio de pão de alho é oferecido por R$ 59,90 de terça a sexta-feira e R$ 69,90 aos sábados. Aos domingos, os pedidos devem ser feitos à la carte. O cardápio conta com 12 opções de sabores (coração, picanha, filé mignon, kafta, shimeji, toscana, frango, brócolis, dois queijos, camarão, pernil e carne louca) e os preços variam de R$ 25,90 a R$ 45,90, no tamanho grande.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.