PUBLICIDADE

Publicidade

Casal larga emprego CLT e fatura R$ 300 mil por mês com e-commerce: ‘queremos ganhar dinheiro’

‘Nosso propósito de vida era ser rico’, conta o casal sobre a trajetória da criação da loja virtual Barganha Mix, que vende produtos como eletrônicos e ferramentas

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

O casal Fernanda Micchi e Filipe Cardoso tinha um bom emprego de carteira assinada com 15 e 10 anos de dedicação, respectivamente, em uma grande companhia internacional de seguros em São Paulo. Em 2020, eles começaram a fazer uma renda extra com a venda de produtos pela internet. O negócio deu tão certo que eles deixaram a empresa e hoje faturam R$ 300 mil por mês com uma empresa própria no e-commerce.

Fernanda Micchi e Filipe Cardoso, da Barganha Mix: investimento inicial foi de R$ 400 para começar a vender mouse pads de games na internet Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

Tudo começou com um investimento de R$ 400 para comprar e vender 20 unidades de mouse pads para gamers. Hoje, a meta é chegar a R$ 1 milhão por mês em 2026. A Barganha Mix, nome da loja virtual, ativa desde julho de 2021, atua em vários nichos, como fones de ouvidos, produtos eletrônicos, ferramentas, utilidades domésticas e acessórios para celular.

A decisão de buscar novos rumos veio a partir de um curso com Joel Jota, jurado do programa Shark Tank e mentor de empreendedorismo. O palestrante enfatizava a necessidade de se ter um propósito de vida. “Pensando nisso, sem florear, nossa conclusão foi que nosso propósito de vida era ser rico”, Fernanda conta. “Queremos ganhar dinheiro, pois assim a gente pode realizar outros sonhos, dar melhor qualidade de vida, de estudo para os nossos filhos, viajar o mundo, ter uma velhice saudável.”

O sucesso da Barganha Mix virou “case”. Em julho deste ano, eles subiram ao palco de um evento de grande porte, o Mercado Livre Experience 2023, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Agora, está nos planos começar a importação de produtos diretamente da China.

Para saber mais sobre a trajetória do casal, confira a matéria completa do Blog do E-commerce neste link.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.