EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores da política e da economia, com Julia Lindner e Gustavo Côrtes

Líder de Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros contratou escritório do genro em campanha eleitoral

O Braz Coelho Campos Lessa Advogados recebeu R$ 50 mil do deputado e também foi contratado por outros sete candidatos e pelo diretório paranaense do PP

PUBLICIDADE

Foto do author Mariana Carneiro
Foto do author Gustavo Côrtes
Por Mariana Carneiro e Gustavo Côrtes
Atualização:

Líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR) contratou o escritório de advocacia do genro, Diego Campos, por R$ 50 mil em sua campanha nas eleições de 2022.

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR). Foto: José Cruz/Agência Brasil

PUBLICIDADE

CAIXA. O Braz Coelho Campos Lessa Advogados faturou, ao todo, R$ 700 mil por serviços prestados a oito candidatos a deputado e ao PP do Paraná, presidido por Maria Victória Barros, filha de Ricardo Barros e mulher de Campos. Foi do partido a maior fatia paga, o equivalente a R$360 mil. Boa parte dos valores, vem de recursos públicos dos fundos eleitoral e partidário.

VERSÃO. O deputado disse ter escolhido o escritório “em função da competência e da confiança profissional”. O PP-PR disse não haver irregularidade na contratação e que sempre usou os serviços do escritório.

Por meio da assessoria, o Braz Coelho Campos Lessa Advogados disse que atende o PP-PR desde 2016 e que o acordo com o partido previa assistência a 53 candidatos, inclusive a Ricardo Barros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.