PUBLICIDADE

Sonia Guajajara segue internada em SP para fazer exames após alta de pressão arterial

Ministra dos Povos Indígenas passou mal na noite de quinta, 25, com quadro de alteração da pressão arterial, foi atendida em Brasília e seguiu para São Paulo

Foto do author Sandra Manfrini
Por Sandra Manfrini

BRASÍLIA – A ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, continua internada no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor), em São Paulo, onde passa por uma bateria de exames, desde sexta-feira, 26.

A ministra passou mal na noite de quinta, 25, com quadro de alteração da pressão arterial, foi atendida em Brasília e seguiu para São Paulo para realização de exames e avaliação cardiológica.

Sonia Guajajara é a ministra dos Povos Indígenas do governo Lula Foto: Estevam Rafael/Agência Brasil

PUBLICIDADE

O boletim médico divulgado neste domingo, 28, pelo InCor diz que a ministra “segue estável em observação para continuidade do acompanhamento clínico e realização de exames”. “Os resultados até o momento estão dentro da normalidade.”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se manifestou neste sábado, 27, pelo X (antigo Twitter) informando ter telefonado para saber do estado de saúde da ministra. “Ela está sendo bem amparada pela equipe de saúde. Desejo melhoras e que volte 100% para seguirmos um trabalho por mais direitos aos povos indígenas brasileiros”, escreveu o presidente.

Por conta da emergência, o ministério cancelou todas as agendas de Sonia Guajajara neste fim de semana.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.