Fora da greve, Linha 9-Esmeralda apresenta falha elétrica e opera parcialmente

Operado pela empresa ViaMobilidade, ramal sofreu pane no sistema elétrico; antes, governador havia elogiado modelo de gestão privada por manter funcionamento em meio à paralisação de servidores

PUBLICIDADE

Foto do author Caio Possati
Por Caio Possati
Atualização:

A Linha 9-Esmeralda, operada pela empresa ViaMobilidade, funciona de forma parcial nesta terça-feira, 3, em São Paulo, no mesmo dia em que uma greve unificada, convocada por funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), paralisa parte do transporte da capital paulista.

PUBLICIDADE

De acordo com a ViaMobilidade, uma falha no sistema elétrico fez suspender as operações entre as estações Morumbi e Osasco. Segundo a concessionária, os ônibus do Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) foram acionados para atender ao público e técnicos da empresa trabalham para apurar as causas da pane e normalizar as atividades.

“A operação está normal entre as estações Mendes-Vila Natal e Morumbi e no trecho entre Villa Lobos-Jaguaré e Osasco”, diz a ViaMobilidade em nota. “Os passageiros estão sendo orientados pelos AAS (Agentes de Atendimento e Segurança) nos trens e estações”, completou a empresa.

Estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda, operada pela ViaMobilidade, está paralisada por conta de uma falha elétrica. Foto: Google Street View

Paralisação

A greve unificada desta terça-feira foi aprovada por funcionários das três companhias, que cruzaram os braços em protesto contra o plano da gestão Tarcísio de Freitas (Republicanos) de desestatizar as empresas públicas. O interesse pela privatização de linhas de Metrô e da CPTM, bem como da Sabesp, já era anunciado por Tarcísio desde a época de campanha eleitoral, no ano passado.

Os sindicalistas alegam que a entrega da operação ao sistema privado pode tornar os serviços mais caros e com pior qualidade. O grupo cita, como argumento, falhas frequentes, como lentidão e descarrilamentos, justamente nas linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, ambas administradas pela ViaMobilidade. Os erros levaram ao aumento de reclamação dos usuários do transporte e até investigação por parte do Ministério Público.

Na manhã desta terça-feira, em pronunciamento à imprensa sobre a greve, o governador Tarcísio de Freitas criticou o movimento organizado pelos sindicatos e ainda elogiou o trabalho das concessionárias que operam as linhas não afetadas pela greve. Por terem administração privada, as linhas 4-Amarela e 5-Lilás do Metrô e as 8-Diamante e 9-Esmeralda, da CPTM, não paralisaram as atividades em virtude do movimento de greve.

“Justamente são as linhas concedidas que estão operando. Isso só reforça que estamos na direção certa”, disse Tarcísio antes da ViaMobilidade anunciar o problema elétrico da Linha 9-Esmeralda. “Vamos continuar estudando concessões e não é um movimento ilegal que nos afastará desse objetivo”, afirmou o governador, que ainda definiu a greve como “abusiva” e “política”.

Publicidade

“Parece irônico, se não fosse trágico”, disse Camila Lisboa, presidente dos Metroviários. “No dia da greve, a linha 9, privatizada, para mais uma vez por conta de uma falha. Infelizmente isso faz parte do cotidiano dos usuários que dependem dessas linhas. A privatização gera um caos todo dia em São Paulo”, disse a sindicalista. “Por isso nossa greve de 24h é contra as privatizações, para interromper esse caos.”

Quais linhas do Metrô e da CPTM são afetadas pela greve desta terça-feira?

Metrô

Linha 1- Azul: fechada

• Linha 2- Verde: fechada

• Linha 3-Vermelha: fechada

• Linha 4-Amarela (ViaQuatro): funcionamento normal

• Linha 5-Lilás (Via Mobilidade): funcionamento normal

Publicidade

• Linha 15- Prata: fechada

Trens – em operação parcial desde às 5h

Linha 7- Rubi: de Caieiras a Luz

• Linha 8- Diamante (Via Mobilidade): funcionamento normal

• Linha 9- Esmeralda (Via Mobilidade): funcionamento parcial

• Linha 10- Turquesa: fechada

• Linha 11-Coral: de Guaianases a Luz

Publicidade

• Linha 12- Safira: fechada

• Linha 13- Jade: fechada

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.