Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Enel Distribuição São Paulo: leitor contesta cobrança e cobra ressarcimento da companhia

Empresa afirma que entrou em contato com o cliente para realizar uma análise nas faturas de consumo

PUBLICIDADE

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Gilson de Lima Garófalo contesta as medições feitas pela Enel Distribuição São Paulo em um imóvel que, segundo ele, está desocupado. Ele pede que a empresa tome as medidas necessárias para resolver seu caso.

PUBLICIDADE

Reclamação de Gilson de Lima Garófalo: “Desde longa data sou assinante deste prestigioso jornal e nesta data resolvi postar uma reclamação contra a Enel Distribuição São Paulo. Tenho um imóvel localizado na Rua Dona Antônia de Queirós, na Consolação, no centro da cidade, que está desocupado desde o falecimento de minha genitora em maio de 2023. Enquanto ela vivia, o consumo de eletricidade era elevado em função dos equipamentos hospitalares que o caso dela exigia. Entretanto, desde junho do último ano, o imóvel está vazio. Entretanto, a Enel continua a efetuar cobrança mensal superior a R$ 350. Diversas reclamações foram feitas por contatos telefônicos. A empresa teria mandado um funcionário verificar o medidor, mas nenhuma solução foi dada ao caso. Certamente a Enel não vai querer ressarcir as cobranças indevidas, mas ao menos deveria dar uma solução de direito a este pleito. Conto com o prestígio do Estadão para o encaminhamento do meu caso.”

Reclamação da Enel Distribuição São Paulo: “A Enel Distribuição São Paulo informa que entrou em contato com o cliente e que vai realizar uma análise das faturas de consumo para avaliar as medidas necessárias sobre o atendimento. Informa ainda que o contrato do serviço de Cliente Vital e o fornecimento de energia no imóvel foram encerrados.”

O leitor foi informado sobre a resolução do caso por parte da empresa. Caso necessário, pode voltar a entrar em contato.

Leitor contesta cobrança e cobra ressarcimento da companhia. Foto ilustrativa.  Foto: Adobe Stock

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.