Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Habib's: leitora cobra ressarcimento por valor de compra retido indevidamente

Departamento de atendimento ao cliente da empresa entrou em contato com a consumidora para as tratativas de devolução da quantia retida

PUBLICIDADE

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Caren Alves se queixa de dificuldade para receber ressarcimento do Habib’s por valor que foi retido indevidamente durante uma compra.

PUBLICIDADE

Reclamação de Caren Alves: Quero relatar um problema que estou enfrentando com o Habib’s, rede de restaurante que um dia foi uma empresa de respeito, pelo menos para mim. Sou cliente da loja há tanto tempo que não me lembro. Mas fico indignada com a demora para ser atendida. O meu problema envolve a dificuldade para obter ressarcimento por um valor retido indevidamente durante uma compra. Como pode uma empresa deste tamanho receber o dinheiro de seus clientes e simplesmente não devolver? Será que ninguém vê isso? Que falta de respeito com seus consumidores. Por isso, questiono aqui o que a empresa tem feito com o dinheiro dos seus clientes. Na internet, vejo muita gente reclamando. Se o aplicativo ainda está no ar e a cada dia o número de pessoas enganadas aumenta, não consigo pensar em outra coisa. E o não tem a menor preocupação em devolver o dinheiro. Será que alguém vai tomar alguma providência?

Resposta do Habib’s: “Nosso departamento de atendimento ao cliente contatou a cliente para as tratativas de devolução da quantia retida, por uma inconsistência momentânea no sistema. A cliente confirmou o ressarcimento do valor devido e estamos dando a ocorrência como solucionada. Permanecemos à disposição para mais esclarecimentos.

Caso a leitora registre nova queixa, pode voltar a entrar em contato.

Leitora cobra ressarcimento por valor retido indevidamente durante uma compra. Foto ilustrativa. Não usar após a publicação. Foto: Adobe Stock

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.