PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Pinheiros: leitor reclama de transtornos por realização de três obras no mesmo quarteirão

Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento afirma que não há limite para o número de construções de prédios na mesma rua ou região

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Alex Vicintin reclama que a prefeitura deu permissão para a realização de três obras ao mesmo tempo na Rua Francisco Leitão, em Pìnheiros, na zona oeste da cidade, causando transtornos aos moradores.

Reclamação de Alex Vicintin: “Sou morador de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, e estou um pouco assustado com a velocidade da verticalização do bairro. O que mais chama atenção é a permissão dada pela prefeitura para a realização de obras na Rua Francisco Leitão. No mesmo quarteirão, nós temos três obras que se acham donas da rua e no direito de bloquear a calçada, o trânsito e tudo mais que lhes convir. A prefeitura, em sua vontade de entregar a cidade aos empreendedores imobiliários, esquece dos moradores. Como é possível permitir três obras consecutivas no mesmo quarteirão? E os moradores, não serão levados em conta na concessão das licenças de construção? Obrigado.”

Leitor reclama de transtornos por realização de três obras no mesmo quarteirão em Pinheiros. Foto ilustrativa. Foto: Adobe Stock

Resposta da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL): “A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) informa que não há limite para o número de construções de prédios na mesma rua ou região. As legislações urbanísticas atuais não preveem controle dessa cumulatividade. A SMUL esclarece ainda que, com o objetivo de estabelecer medidas de controle do uso do solo em relação à interferência ou incomodidade que os usos não residenciais geram na vizinhança residencial, a Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo estabeleceu parâmetros de incomodidade relacionados à emissão de ruído, horário para carga e descarga, emissão de odores e fumaça, entre outros. Casos de suspeita de inconformidade podem ser denunciados ao portal 156 da Prefeitura, pelo link.”

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.