PUBLICIDADE

Agenda cultural SP: Ney Matogrosso e o musical ‘Cabaret’ estão entre as opções para o fim de semana

Programação ainda tem shows de Ivan Lins e Joelma, a abertura da temporada de 2024 da Osesp na Sala São Paulo e concertos para crianças

Foto do author Danilo Casaletti
Por Danilo Casaletti

A agenda de shows da cidade está repleta de opções - e para todos os gostos: Ivan Lins, Ney Matogrosso, Paula Lima, Arrigo Barnabé, Ana Cañas, Joelma e Mari Fernandez estão entre as atrações. Vale lembrar que as cantoras Alcione e Maria Bethânia e o rapper Djonga também se apresentam neste final de semana na cidade, mas os ingressos já estão esgotados.

PUBLICIDADE

No teatro, um dos destaques é a estreia da versão brasileira do musical Cabaret, um dos grandes sucessos da Broadway, com Fabi Bang e Ícaro Silva no elenco. A atriz Suely Franco traz a São Paulo a comédia musical A Vedete do Brasil, baseada na vida da atriz e cantora Virgínia Lane.

No MIS, a exposição A tragédia do Holocausto: a vida de Julio Gartner retrata os horrores de um dos episódios mais tristes da história mundial. No Instituto Tomie Ohtake, a mostra Água Fogo Pantanal mostra as duas faces do bioma: a cheia, que produz paisagens sensacionais, e os incêndios que prejudicam a região.

Veja os detalhes da programação:

Shows

7 de março, quinta-feira, 21h30

A cantora Paula Lima Foto: Diego Me
  • Paula Lima - A cantora apresenta o show Eu, Paula Lima - O Baile com repertório que prioriza a soul music e o samba rock. Além de sucessos de carreira, entre eles, Meu Guarda-Chuva e Clareou, Paula também canta composições de Hyldon, Tim Maia e Rita Lee e músicas gravadas por Elza Soares e Alcione. Onde: Bourbon Street .R. dos Chanés, 127, Moema. Quanto: R$ 90.

8 de março, sexta-feira, 21h40

Joelma faz o show 'Isso é Calypso'. Foto: Facebook / Joelma
  • Joelma - “Eu vou tomar um Tacacá/Dançar, curtir, ficar de boa”. O refrão que está na boca do povo, e faz parte da canção Voando pro Pará, estará também no show que a cantora apresentará para o público de São Paulo. Na turnê Isso é Calypso, Joelma ainda mostra músicas como Aquele Alguém e A Lua Me Traiu. Onde: Vibra São Paulo. Av. das Nações Unidas, 17.955, Vila Almeida. Quanto: R$ 160/R$ 450.

Publicidade

8 de março, sexta-feira, 23h59

A cantora de forró Mari Fernandez Foto: Luka Godoy
  • Mari Fernandez e Felipe Amorim - Os dois cantores, representantes do sertanejo e do piseiro, se apresentam na mesma noite. Mari, de 22 anos, ganhou destaque depois do projeto Mari Sem Fim, com o qual excursionou pelo País. Já Felipe é conhecido por misturar forró, pop, funk e música eletrônica e pelo sucesso No Ouvidinho. Onde: Villa Country. Av. Francisco Matarazzo, 774, Água Branca. Quanto: R$ 80/R$ 1.200.

9 de março, sábado, 22h

O cantor Ney Matogrosso Foto: Taba Benedicto/Estadão

PUBLICIDADE

  • Ney Matogrosso - O cantor mostra seu consagrado show Bloco na Rua, com o qual ele tem se apresentado desde 2019. No repertório escolhido por Ney estão músicas como Jardins da Babilônia, Pavão Mysterioso, Como 2 e 2, além de Sangue Latino, canção que ele tornou um hit ainda nos tempos de Secos & Molhados. Onde: Tokio Marine Hall. R. Bragança Paulista, 1.281, Vila Cruzeiro. Quanto: R$ 260 (apenas ingressos para pista disponíveis).

9 de março, sábado, 22h

O músico Arrigo Barnabé Foto: JF Diorio/ Estadão
  • Arrigo Barnabé - ”Não acredito em nada que não tenha angústia”. É assim que Arrigo define sua opção por fazer um show apenas com o repertório do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914-1974), conhecido por seus sambas-canção carregados de dor de cotovelo. Entre as músicas escolhidas estão Cadeira Vazia, Castigo e Volta. Onde: Casa de Francisca. R. Quintino Bocaiúva, 22, Sé. Quanto: R$ 62/R$ 80.

10 de março, domingo, 19h30

Publicidade

O cantor e compositor Ivan Lins Foto: Rodrigo Simas
  • Ivan Lins - Com mais de 50 anos de carreira, o cantor e compositor, coautor de clássicos como Madalena e Iluminados, recebe novos nomes da música brasileira em torno de seu repertório. São seus convidados os cantores Cibele Codonho e Gustavo Spinola e o duo formando pelo flautista Rafael Beck e o pianista Felipe Montanaro. Onde: Bourbon Street. R. Dos Chanés, 127, Moema. Quanto: R$ 245.

10 de março, domingo, 20h

A cantora Ana Cañas Foto: Wilton Junior/Estadão
  • Ana Cañas - No show Ana Cañas Canta Belchior, a cantora celebrar o legado do compositor cearense ao interpretar músicas como Na Hora do Almoço, Apenas Um Rapaz Latino Americano, Divina Comédia Humana e Velha Roupa Colorida. Na despedida da turnê em São Paulo, Ana contará com a participação do cantor Ney Matogrosso. Onde: Tokio Marine Hall. R. Bragança Paulista, 1.281, Vila Cruzeiro. Quanto: R$ 120/R$ 200.

Erudito

8 de março, sexta-feira, 20h30, e 9 de março, sábado, 16h30

A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp Foto: Beatriz de Paula
  • Temporada Osesp 2024 - Abertura - A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) abre sua temporada com concertos deste ano com apresentações regidas pelo maestro Thierry Fischer, diretor musical do grupo. Elas serão dedicadas aos compositores alemãs Beethoven (Missa em Dó Maior, Op. 86) e Brahms (Sinfonia nº 1 em Dó Menor, Op. 68). Participam o Coro da Osesp e os cantores convidados Susanne Bernhard, Luisa Francesconi, Werner Güra e Paulo Szot. Onde: Sala São Paulo. Pça. Júlio Prestes, 16, Luz. Quanto: R$ 39,60/R$ 271,00.

Teatro

Os atores Caio Paduan e José Rubens Chachá na peça 'Palhaços' Foto: Ronaldo Gutierrez
  • Palhaços - Um dos textos mais importantes do dramaturgo brasileiro Timochenko Wehbi, o Timó, a peça narra a história de um palhaço, interpretado pelo ator José Rubens Chachá, que tem a sua rotina alterada ao se deparar com um espectador, interpretado por Caio Paduan, em seu camarim. Juntos, eles refletem sobre a vida e desnudam suas escolhas pessoais. A direção é assinada por Léo Stefanini. Onde: Teatro Opus Frei Caneca. Shopping Frei Caneca. R. Frei Caneca, 569, Consolação. Quando: De 9/3 a 27/4. 6ªs, 20h; sábados e domingos, 18h. Quanto: R$ 80/R$ 120.
As atrizes Bela Quadros, Suely Franco e Flávia Monteiro no musical 'A Vedete do Brasil' Foto: Dalton Valerio
  • A Vedete do Brasil - Protagonizada pela atriz Suely Franco, a comédia reverencia a memória da vedete Virgínia Lane (1920-2014) que ganhou o título que nomeia o espetáculo do presidente Getúlio Vargas, com quem dizia ter mantido um romance. Entre fatos da vida da artista, Suely, que no palco está acompanhada pelas atrizes Flávia Monteiro e Bela Quadros, canta músicas como a marchinha Sassaricando, o grande sucesso de Virgínia, e o samba canção Amendoim Torradinho. A direção é de Claudia Netto e direção musical de Alfredo Del-Penho. Onde: Teatro FAAP. R. Alagoas, 903, Higienópolis. Quando: De 8/3 a 28/4. 6ªs, 20h; sábados, 19h; domingos, 17h. Quanto: R$ 50/R$ 140.

Publicidade

A peça Azirai Foto: Daniel Barboza
  • Azira’i - Escrito por Zahy Tentehar e Duda Rios e interpretado por Zahy, o espetáculo solo autobiográfico trata da relação entre Zahy e sua mãe, Azira’i, a primeira mulher pajé da reserva indígena de Cana Brava, no Maranhão. Herdeira de saberes ancestrais, Azira’i usava as plantas, a mão e o canto para curar. Onde: Sesc Ipiranga. R. Bom Pastor, 822, Ipiranga. Quando: De 8 a 31 de março. 6ªs e aos sábados, 20h; domingos, 18h. Quanto: R$ 15/R$ 50.
Os comediantes do grupo 4 Amigos Foto: Juliana Nunes
  • 4 Amigos - Fila de Piadas - O grupo de stand-up formado por Dihh Lopes, Thiago Ventura, Afonso Padilha e Márcio Donato celebra 10 anos com retorno do espetáculo que marcou sua carreira. Impulsionados pelo sucesso no YouTube e nas redes sociais, os comediantes falam sobre temas da atualidade e experiências de vida. Onde: Teatro Bradesco. Bourbon Shopping. R. Palestra Itália, 500, Perdizes. Quando: De 11/3 a 27/5. 2ªs, 21h30. Quanto: R$ 100/R$ 160.

Musical

O musical 'Cabaret' estreia em São Paulo Foto: Caio Galucci
  • Cabaret - Criado originalmente em 1966, o musical, um dos maiores sucessos da Broadway de todos os tempos, ganha uma nova versão brasileira com direção de Kleber Montanheiro e direção musical de Fernanda Maia. Cabaret narra a vida noturna no KitKat Klub, um cabaré falido de Berlim que assiste ao surgimento do nazismo na Alemanha. É nesse cenário que cantora e dançarina inglesa Sally Bowles se apaixona pelo jovem escritor americano Cliff Bradshaw. No elenco estão os atores Fabi Bang, Ícaro Silva e André Torquato. Onde: 033 Rooftop. Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia. Quando: De 8/3 a 12/5. Quanto: R$ 39,90/R$ 300.

Infantil

9 de março, sábado, 11h

O espetáculo 'O Rolê da Chiquinha' Foto: Ali Karakas
  • O Rolê da Chiquinha - O espetáculo que mistura brincadeiras, circo e música conta a história do curioso Dróide Ré-Mi, que veio do Planeta Tucca para uma missão de reconhecimento dos sons produzidos na Terra. Ele se depara com o chorinho e, para entendê-lo melhor, recebe a ajuda da maestrina Chiquinha Gonzaga, que chega por meio de uma máquina do tempo. A apresentação será comandada pelo maestro João Maurício Galindo e contará com participações especiais das atrizes Luciana Carnieli e Maria Bia, da Sinfonieta TUCCA Fortíssima, da Cia. Laclass Excéntricos e de alguns integrantes da bateria a Pegada da Coruja, da Escola Estrela do Terceiro Milênio do Grajaú. Onde: Sala São Paulo. Pça. Júlio Prestes, 16, Luz. Quanto: R$ 70/R$ 100.

9 de março, sábado, e 10 de março, domingo, 17h

O espetáculo 'Pedro e Lobo- Guará' Foto: Clayton João
  • Pedro e o Lobo-Guará - Um Concerto Didático Brasileiro - Com produção da Orquestra de Câmara ALMAI-SP e inspirado na clássica obra de Sergei Prokofiev, essa versão do espetáculo infanto-juvenil ressalta a identidade brasileira com protagonistas negros, a presença marcante do lobo-guará e do papagaio, e a cidade de São Paulo como cenário. No roteiro, músicas de autores como Heitor Villa-Lobos, Ernesto Nazareth, Hermeto Pascoal, Adoniran Barbosa, Chico Buarque, Chiquinha Gonzaga e Radamés Gnattali. Onde: Sesc Pompeia. R. Clélia, 93, Pompeia. Quanto: R$ 10/R$ 30 (grátis até 12 anos).

Publicidade

Exposições

Foto da exposição 'A tragédia do Holocausto: a vida de Julio Gartner​' mostra sobreviventes do Campo de Ebensee, Áustria, em 1945 Foto: Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos, cortesia de Fred Anderson 
  • A tragédia do Holocausto: a vida de Julio Gartner - A exposição sensorial inédita percorre a história do Holocausto, o genocídio de judeus imposto pelos nazistas ao longo da Segunda Guerra Mundial. Em um primeiro ato, o público poderá acompanhar os fatos por meio do olhar de um sobrevivente, Julio Gartner, polonês radicado no Brasil que faria 100 anos em 2024. Em um segundo momento, a mostra reproduz pontos e locais marcantes do Holocautos por meio de cenografia, vídeos, fotos, objetos originais, sons e efeitos . Onde: Museu da Imagem e do Som (MIS). Av. Europa, 158, Jardim Europa. Quando: A partir de 9/3. 3ªs a 6ªs , 10h/19h; sábados, 10h/20h; domingos e feriados, 10h/18h. Quanto: R$ 10 (3ªs, gratuito).
A obra 'Somethings', da artista plástica Renata Haar Foto: Julia Thompson
  • Inefável-Ultrafino - A exposição da artista plástica paulistana Renata Haar apresenta cerca de 30 obras, entre vídeos, gravuras, desenhos em papel e objetos tridimensionais. Com curadoria de Luis Sandes, a mostra evidencia a relação da arista com as pequenas percepções e o transcendental. Essas características aparecem sobretudo na sutileza dos traços, a maioria feitos em papel, seu suporte preferido. Onde: MAB FAAP. R. Alagoas, 903, Higienópolis. Quando: De 08/3 a 28/4. Todos os dias, exceto às terças-feiras, 10h/18h. Quanto: Gratuito.
Foto de Luciano Candisani do Vazante do Mangabal, no Pantanal Foto: Luciano Candin
  • Água Pantanal Fogo - A exposição apresenta 80 imagens dos fotógrafos Lalo de Almeida e Luciano Candisani que retratam contextos antagônicos da paisagem pantaneira. Enquanto Almeida expõe sua produção fotográfica diante do fogo que assolou o Pantanal durante os incêndios de 2020, Candinasi revela a exuberância resultante do período de cheia no bioma. Promovida pelo Documenta Pantanal, a mostra tem curadoria de Eder Chiodetto. Onde: Instituto Tomie Ohtake. R. Coropé, 88, Pinheiros. Quando: De 8/3 a 12/5. De 3ª a domingo, 11h/19h. Quanto: Gratuito.
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.