PUBLICIDADE

The Eras Tour: fãs de show cancelado no Rio de Janeiro devem ser indenizados

Justiça de Santa Catarina disse que fãs passaram por ‘situação constrangedora, vexatória e humilhante’

Foto do author Maria Fernanda Viana
Por Maria Fernanda Viana

A Justiça de Santa Catarina determinou que a produtora responsável pelos shows de Taylor Swift no Brasil deverá pagar R$ 34 mil a três fãs que estavam presentes no segundo show da cantora no Rio de Janeiro, que foi cancelado 40 minutos antes do horário marcado por causa de fortes ondas de calor.

Taylor Swift durante apresentação no Alianz Parque, em Sao Paulo.  Foto: TABA BENEDICTO / ESTADAO

PUBLICIDADE

A decisão foi baseada no Código de Defesa do Consumido e foi feita pela Justiça de Lages, cidade de onde os fãs saíram para o show. De acordo com o G1, a Time For Fun foi procurada pela NSC TV, mas não se pronunciou.

Ainda de acordo com o veículo, a empresa pode recorrer, mas o Judiciário alega que a ré “não compareceu à audiência e deixou de apresentar repostas às alegações dos fãs”.

Segundo os fãs, no dia da apresentação a sensação térmica dentro do estádio chegou a 60°C. Faltando 40 minutos para o show começar, a performance foi cancelada e remarcada para dois dias depois.

Para não perderem a oportunidade de ver a cantora, os fãs teriam adiado a volta para a casa e desembolsado grandes quantias de dinheiro.

Apesar da Justiça compreender que o descumprimento contratual não seja previsto, a decisão alegou que os fãs foram submetidos a uma “situação constrangedora, vexatória e humilhante”.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.