PUBLICIDADE

Como em ‘Mulheres de Areia’, relembre novelas em que Gloria Pires brilhou na TV Globo

No ar em ‘Terra e Paixão’, atriz volta na pele das icônicas Ruth e Raquel no ‘Vale A Pena Ver de Novo’. Recentemente, ela anunciou que deixará a emissora após 54 anos de casa

Foto do author Thaíse Ramos
Por Thaíse Ramos
Atualização:

Mulheres de Areia voltou para grade da TV Globo nesta segunda-feira, 26, no Vale a Pena Ver de Novo, substituindo Chocolate com Pimenta. A novela de 1993, da autora Ivani Ribeiro, foi estrelada por Gloria Pires, que deu vida as icônicas irmãs gêmeas Ruth e Raquel - a boa e a má, em um trabalho aclamado pela crítica e pelo público.

PUBLICIDADE

Atualmente, Gloria Pires também está no ar na novela das 21h, Terra e Paixão, escrita por Walcyr Carrasco. Na trama, ela interpreta a manipuladora e misteriosa Irene, casada com o todo-poderoso Antônio (Tony Ramos).

Recentemente, mesmo ainda atuando em uma produção da Globo, a atriz contou que decidiu interromper o contrato de exclusividade que mantinha com a emissora, no qual atuou por 54 anos. A atriz alegou que deseja seguir novos rumos na carreira.

Por conta desse currículo invejável na empresa, ela se tornou um dos grandes nomes que marcaram gerações de telespectadores nas últimas décadas. Gloria coleciona sucessos e é referência para os antigos e novos talentos. Dentre as tramas inesquecíveis, se destacam Vale Tudo (1988), Rei do Gado (1993) e Belíssima (2003).

A seguir, vamos relembrar algumas personagens marcantes de Gloria Pires na TV Globo:

Zuca - ‘Cabocla’ (1979)

Aos 15 anos, Gloria Pires viveu sua primeira protagonista: Zuca, em Cabocla. A mocinha do interior se apaixona por Luiz (Fábio Jr.), o rapaz da cidade grande que vai passar uma temporada na fazenda em que ela mora, em Vila da Mata, no Espírito Santo.

Adaptação do romance de Ribeiro Couto, a novela estreou em 4 de junho de 1979 e fez tanto sucesso que se tornou um clássico da nossa dramaturgia e ganhou uma remake em 2004.

Publicidade

Foi durante as gravações da trama que Gloria e Fábio se aproximaram. Os dois se casaram e tiveram uma filha, Cleo Pires. O relacionamento terminou em 1983.

Zuca de Cabocla Foto: Acervo TV Globo

Maria de Fátima - ‘Vale Tudo’ (1988)

Na novela Vale Tudo, de Gilberto Braga, Gloria deu vida a ambiciosa e inescrupulosa Maria de Fátima. No início da trama, ela vende a casa da família, no Paraná, e deixa a mãe, Raquel (Regina Duarte), desamparada. Ela foge com o dinheiro para o Rio de Janeiro para tentar a carreira de modelo.

Desesperada e preocupada, Raquel vai atrás de Maria de Fátima e passa a vender sanduíches na praia. Enquanto a filha se alia a César (Carlos Alberto Riccelli), um aproveitador do mais baixo calão que a estimula a seduzir o milionário Afonso Roitman (Cássio Gabus Mendes) e se casar por interesse.

Gloria Pires como Maria de Fátima em 'Vale Tudo' Foto: Globo / Divulgação

Stella Maciel Barreto - ‘O Dono do Mundo’ (1991)

Em O Dono do Mundo, Glória Pires deu vida à protagonista Stella Maciel Barreto, mulher do cirurgião plástico Felipe Barreto (Antonio Fagundes).

O antiético cirurgião plástico Felipe Barreto, casado por interesse com Stella, filha do rico empresário Herculano Maciel, sente uma forte atração por Márcia (Malu Mader), uma professora tímida, noiva de Walter, um funcionário de sua clínica.

Gloria Pires e Antônio Fagundes em 'O Dono do 'Mundo' Foto: Divulgação/Acervo TV Globo

PUBLICIDADE

Ruth e Raquel - ‘Mulheres de Areia’ (1993)

Gloria Pires viveu as gêmeas Ruth, a mocinha, e Raquel, a vilã, em Mulheres de Areia. Na trama, Raquel percebendo que Ruth e Marcos (Guilherme Fontes) estão apaixonados, trata de seduzir o rapaz, separando-os, e iniciando um namoro com ele, mas Raquel mantém um relação amorosa com mau caráter Wanderley (Paulo Betti), seu cúmplice.

Quem percebe tudo é Tonho da Lua (Marcos Frota), protegido de Ruth, por quem ele nutre um amor platônico, mas esconde por vergonha. Tonho, mesmo deficiente, é famoso por esculpir mulheres nas areias da praia, mas sofre com as terríveis perseguições e maldades de Raquel.

Para caracterizar as personagens, a atriz chegou a usar perfumes diferentes para fazer as cenas. Para Ruth, a fragrância era suave. Para Raquel, o perfume era mais forte.

Gloria Pires demorou a aceitar o papel, pois sua filha Antônia estava com 4 meses. Mas sinopse do folhetim a conquistou e ela levou a menina para o trabalho para poder amamentá-la.

Guilherme Fontes e Gloria Pires em 'Mulheres de Areia' Foto: Acervo TV Globo
Mulheres de Areia (1993) - Gloria Pires Foto: Reprodução/Globo

Maria Moura - ‘Memorial de Maria Moura’ (1994)

Na minissérie Memorial de Maria Moura, escrita por Jorge Furtado e Carlos Gerbase com base no romance de Rachel de Queiroz, Gloria interpretou a protagonista Maria Moura. Ela perde o pai na infância e, aos 17 anos, encontra sua mãe morta em casa.

Acreditando que a morte da mãe foi um assassinato, ela seduz o empregado e amigo de infância Jardilino (Lui Mendes) e pede que ele execute o padrasto, provável autor do crime. Depois, a personagem reúne um grupo de pessoas e tenta conquistar a terra herdada do pai, a serra dos Padres.

Minissérie 'Memorial de Maria Moura' Foto: Divulgação/Acervo TV Globo

Rafaela - ‘O Rei do Gado’ (1996)

Em O Rei do Gado, trama de Benedito Ruy Barbosa, a atriz viveu Rafaela Berdinazzi. A personagem se passa por Marieta, a filha perdida de Giácomo (Manoel Boucinhas) e sobrinha de Geremias (Raul Cortez).

A forasteira diz foi a única sobrevivente de um acidente, quando um caminhão com trabalhadores caiu em uma ribanceira. Após a tragédia, perdeu a memória e ficou sozinha no mundo. A partir dessa história, Rafaela usurpou a identidade e chegou à fazenda do rei do café.

Depois, a ardilosa inventa outra história: diz que é neta de Gema (Luísa Fiori) e Bruno (Marcello Antony). Ou seja: filha do filho que Bruno Berdinazzi teve na Itália, na época em que lutou na guerra.

Gloria Pires em 'O Rei do Gado' Foto: Arley Alves/Divulgação/TV Globo

Nice - ‘Anjo Mau’ (1997)

Em Anjo Mau, Gloria Pires interpretou a ambiciosa Nice, que arruma um emprego como babá na mansão dos Medeiros, onde seu pai, Augusto (Cláudio Corrêa e Castro), já trabalhava.

Publicidade

Durante a novela, Nice se apaixona por Rodrigo (Kadu Moliterno), irmão da sua patroa, Stela (Maria Padilha).

Gloria Pires em 'Anjo Mau'  Foto: Divulgação/Acervo TV Globo

Júlia - ‘Belíssima’ (2005)

Gloria viveu Júlia, neta da vilã Bia Falcão (Fernanda Montenegro), em Belíssima, novela de Silvio de Abreu.

A personagem é dona e administradora da Belíssima, uma fábrica de roupas íntimas fundada pela mãe, Stella Assunção. Stella morreu em um acidente de avião.

Ao longo da trama, o personagem de Tony Ramos, Nikos, se apaixona por Júlia. A executiva, porém, acaba se envolvendo com André (Marcello Antony), que lhe dá um golpe.

Gloria Pires e Tony Ramos em Belíssima Foto: Divulgação/Acervo TV Globo

Lúcia - Paraíso Tropical (2007)

Promoter decadente, divertida, fútil e ambiciosa, Lúcia, personagem de Gloria Pires em Paraíso Tropical, não mede esforços para alcançar novamente o sucesso.

Na juventude, pertencia à classe média baixa e, por isso, tem como lema manter o status que conquistou. Tem uma relação conturbada com o filho Olavo (Wagner Moura) e rejeita Ivan (Bruno Gagliasso), o caçula.

Gloria Pires na novela 'Paraíso Tropical'  Foto: João Miguel Júnior/Divulgação/TV Globo

Beatriz - Babilônia (2015)

Em Babilônia, a atriz interpreta Beatriz, uma vilã disposta a tudo para ter o que quer. Mulher bonita, elegante, ambiciosa e inescrupulosa, casou-se com Evandro (Cássio Gabus Mendes) por interesse e durante muito tempo comandou a construtora dele, fazendo várias “maracutaias” para desviar dinheiro para suas contas no exterior.

Publicidade

Considerava-se acima do bem e do mal, tendo sido capaz de mentir, roubar e até matar. Não contava que iria se apaixonar por Diogo (Thiago Martins), filho de uma das pessoas que ela assassinou. Acabou sendo presa por seus crimes, mas depois de fugir, se desentendeu com Inês e teve um fim trágico ao lado de sua maior inimiga, caindo de uma ribanceira.

Novela 'Babilônia'  Foto: Alex Carvalho / Divulgação/TV Globo

Norma Pimentel Amaral - Insensato Coração (2011)

A auxiliar de enfermagem Norma Pimentel Amaral é uma enfermeira reprimida e recatada, com autoestima baixa, até que conhece Armando (Gabriel Braga Nunes), um sujeito muito atraente e sedutor, que logo de cara se diz apaixonado por ela, e traz emoção a vida regrada e sem graça da enfermeira.

Entretanto, Armando é na verdade Léo, um tremendo mal caráter que só quer se dar bem na vida. Após cair num golpe planejado por ele e ir presa, Norma conhece aliados na cadeia e começa a planejar sua doce vingança contra Armando, ou melhor, Léo.

Glória Pires, como Norma, em cena da novela 'Insensato Coração' Foto: João Miguel/Divulgação/TV Globo

Lola - Éramos Seis (2019)

Gloria Pires interpreta Lola, apelido carinhoso de Eleonora Lemos, em Éramos Seis. Ela vive para cuidar do marido Júlio (Antonio Calloni) e dos quatro filhos Carlos (Xande Valois/Danilo Mesquita), Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes), Julinho (Davi de Oliveira/André Luiz Frambach) e Isabel (Maju Lima/Giullia Buscacio).

Esposa e mãe devotada, Lola tem como orgulho da vida a casa financiada pela família. Para ajudar o marido a quitar a dívida, a matriarca vende peças de tricô para a vizinhança.

ARQUIVO 16/09/2019 CADERNO2 / CADERNO 2 / C2 / USO EDITORIAL RESTRITO - Cena da novela Éramos Seis, com Gloria Pires e Antonio Calloni. Foto Raquel Cunha 
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.