PUBLICIDADE

Força das torcidas volta a decidir finalistas do BBB; entenda e veja ranking

Grande final do reality está marcada para esta terça, 16; pela primeira vez nas três últimas edições, Top 5 do programa são os participantes com maior crescimento nas redes

Foto do author Sabrina Legramandi
Por Sabrina Legramandi

A final do Big Brother Brasil 24 está marcada para esta terça, 16, e, muito em breve, o público irá conhecer o grande vencedor do reality. Neste ano, a expectativa é alta: além de os finalistas disputarem o maior prêmio da história do programa, os participantes refletiram o quanto a força das torcidas voltou a ser determinante no BBB.

Foi o que mostrou um estudo da BR Media Group, que analisou o perfil dos participantes das três últimas edições nas redes sociais, divulgado para o Estadão na última sexta-feira, 12. Em tempos em que o prêmio milionário divide a atenção com o quanto cada brother vai ganhar em número de seguidores, a 24ª edição foi a única dentre as analisadas em que os participantes do Top 5 tiveram o maior crescimento do Instagram.

Força das torcidas volta a decidir finalistas do 'BBB'. Foto: Fábio Rocha/Globo/Divulgação

PUBLICIDADE

Davi foi o participante com o aumento mais estrondoso do BBB 24: ele entrou no reality com apenas 169 seguidores, mas conseguiu 8,3 milhões com a sua participação. Beatriz vem logo em seguida, com 4,3 milhões de seguidores conquistados.

Isabelle, que disputa a final ao lado de Davi, arrebatou 3,4 milhões, enquanto Alane conseguiu 3,2 milhões. Matteus encerra o Top 5 da lista, com um aumento de 2,8 milhões de seguidores. Veja o ranking:

Davi é o participante que mais cresceu nas redes sociais durante o 'BBB 24'. Foto: BR Media Group/Divulgação

Segundo a BR Media Group, o sucesso dos participantes em conquistar o público do reality veio ao lado de medidas da produção em movimentar o programa após o resultado “morno” do BBB 23. A edição do ano passado teve péssimos números de audiência e a final com menor votação popular: 76 milhões de votos, quase 10 vezes menos que os 751 milhões do BBB 22.

Dinâmicas como o “voto único por CPF” e o Puxadinho – grupo do qual os finalistas Davi e Isabelle são parte – fizeram com que os telespectadores se sentissem mais “próximos” dos brothers, de acordo com a pesquisa. “O público se sente mais poderoso, já que entende que o seu voto tem mais peso e, dessa maneira, a relação entre fãs e participantes ficou intensificada, refletindo nas redes sociais”, diz Thiago Bispo, diretor de Novos Negócios da BR Media Group.

Brothers com maior crescimento no BBB 22 e 23 não venceram o reality

Apesar de as últimas edições já espelharem torcidas bem engajadas, os participantes com o maior crescimento no número de seguidores dentro do reality não foram, necessariamente, os vencedores. Há outro fator curioso apontado na pesquisa: o BBB 22 teve quase o dobro de engajamento para os participantes nas redes sociais do que o BBB 24.

Publicidade

A média de seguidores conquistados na edição de 2022 foi de 2,9 milhões, enquanto, neste ano, o número foi de 1,6 milhões. Conforme o estudo, isso reflete o quanto a edição atual foi polarizada.

Média de seguidores conquistados por participante no 'BBB 22', 'BBB 23' e 'BBB 24'. Foto: BR Media Group/Divulgação

No BBB 22, o participante mais seguido foi o atleta Paulo André, vice-campeão da edição, com um aumento de 8,5 milhões de seguidores – número que ultrapassa o crescimento de Davi.

Em seguida, aparece a influenciadora Jade Picon, affair de Paulo André no programa e rival do campeão de 2022, Arthur Aguiar, com 6,4 milhões. Arthur fica apenas em terceiro lugar no ranking, com 5,6 milhões.

Crescimento dos participantes do 'BBB 22' no Instagram. Foto: BR Media Group/Divulgação

No BBB 23, a regra foi a mesma: Amanda Meirelles, campeã da edição, ficou em terceiro lugar no ranking, com 2,6 milhões de seguidores. A cantora Aline Wirley, vice-campeã no ano, mal apareceu no Top 10 dos participantes com maior crescimento no Instagram.

Crescimento dos participantes do 'BBB 23' no Instagram. Foto: BR Media Group/Divulgação

‘Vida’ pós-BBB

PUBLICIDADE

Continuar ganhando seguidores após o reality ou mantê-los é ainda mais difícil do que conquistar a torcida dentro do programa. Para Thiago Bispo, depois do BBB, os participantes precisam “se mostrar como um todo, e não apenas se sustentar na imagem criada durante os dias de confinamento”.

“As pessoas não verão mais o ‘motorista de aplicativo’ ou a ‘assistente social’ que fez com que o público se apaixonasse”, diz ele. “É preciso furar a bolha e mostrar novas facetas, pois as imagens do dia a dia não sobreviverão na mente da audiência, impactada diariamente por milhões de informações no universo digital.”

Publicidade

Há brothers, inclusive, que perdem o número recebido no programa por não manterem uma rotina engajada como influenciadores nas redes sociais. “Se o competidor almeja uma mudança, as redes sociais são um terreno de muitas oportunidades. Para seguir essa jornada, ele precisa se manter ativo e inovar”, afirma Bispo.

Após o Big Brother Brasil, a jogadora Key Alves foi a participante das duas últimas edições que mais conquistou seguidores no Instagram: 4,5 milhões. Ela é seguida por Eliezer, marido da também ex-BBB Viih Tube, que ganhou 2,7 milhões.

Jade Picon é a terceira colocada, com um crescimento de 900 mil. A sister chegou a fazer parte do elenco de uma novela das nove, Travessia, de Glória Perez, depois do reality. Arthur Aguiar é o único vencedor das duas últimas edições a aparecer no ranking – após o programa, ele ganhou 700 mil seguidores.

Participantes que mais tiveram crescimento em número de seguidores após o 'BBB 22' e 'BBB 23'. Foto: BR Media Group/Divulgação
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.