Publicidade

Santos já sabe seu caminho na Série B: CBF revela tabela da competição deste ano; veja jogos

Pela primeira vez na divisão de acesso do futebol nacional, time alvinegra terá dura missão para retornar à elite

PUBLICIDADE

Foto do author Mirella  Joels
Por Mirella Joels
Atualização:

A CBF revelou na noite desta quarta-feira, dia 6, a tabela básica da Série B do Campeonato Brasileiro 2024 com a data-base de todas as 38 rodadas da competição. A rodada de abertura está prevista para os dias 19, 20 e 21 de abril. Na tabela divulgada, é possível ver a ordem dos confrontos por rodada e as possíveis datas. Somente nos próximos dias que essas rodadas serão desmembradas com informações atualizadas de data, horário e transmissão.

Depois de flertar com o rebaixamento durante dois anos, a queda do Santos para a Série B do Brasileiro se concretizou pela primeira vez na história depois da derrota em casa por 2 a 1 para o Fortaleza. O time, que não vai disputar nem a Copa do Brasil nem a Sul-Americana, vai fazer a estreia na primeira rodada da segunda divisão recebendo a equipe do Paysandu, que subiu da Série C. No início do ano, o Santos anunciou uma parceria com a Globo para transmitir 19 jogos do time na Série B.

Santos vai estrear na Série B contra o Paysandu Foto: Raul Baretta/ Santos FC

Outro time para ficar de olho na Segundona é o Novorizontino. Enquanto o Santos estava próximo do rebaixamento, o clube se destacou na edição inferior e quase subiu para a Série A. Foi na última rodada que o time de Novo Horizonte ficou fora do G-4 devido a uma combinação de resultados. Além destas duas equipes, o Estado de São Paulo tem outros cinco clubes na Série B. São eles: Botafogo-SP, Guarani, Ituano, Mirassol e Ponte Preta.

Confira os cinco primeiros jogos do Santos na Série B de 2024

  1. Santos x Paysandu
  2. Avaí x Santos
  3. Santos x Guarani
  4. Amazonas x Santos
  5. Ponte Preta x Santos

Os outros que clubes foram rebaixados da Série A são Coritiba, Goiás e América-MG ,que visitam, respectivamente, Ponte Preta, Ceará e Botafogo-SP na 1ª rodada da Segundona. Já os clubes que subiram da Série C, além do Paysandu, são Amazonas, Operário e Brusque. As equipes vão estrear em casa contra Sport, Avaí e Mirassol, respectivamente. Confira a tabela básica ca competição nacional:

1ª rodada - 19, 20 e 21 de abril

  • Vila Nova x Guarani
  • Ponte Preta x Coritiba
  • Botafogo-SP x América-MG
  • Novorizontino x CRB
  • Santos x Paysandu
  • Chapecoense x Ituano
  • Brusque x Mirassol
  • Operário x Avaí
  • Amazonas x Sport
  • Ceará x Goiás

2ª rodada - 26, 27 ou 28 de abril

  • Goiás x Ponte Preta
  • Guarani x Chapecoense
  • Mirassol x Ceará
  • Ituano x Operário
  • América-MG x Novorizontino
  • Avaí x Santos
  • CRB x Amazonas
  • Coritiba x Brusque
  • Paysandu x Botafogo-SP
  • Sport x Vila Nova

Publicidade

3ª rodada - 3, 4 ou 5 de maio

  • Vila Nova x Operário
  • Ponte Preta x Amazonas
  • Botafogo x Mirassol
  • Ituano x Novorizontino
  • Santos x Guarani
  • Chapecoense x América-MG
  • Brusque x Goiás
  • Coritiba x Sport
  • Paysandu x Avaí
  • Ceará x CRB

4ª rodada - 10, 11 ou 12 de maio

  • Goiás x Ituano
  • Guarani x Botafogo
  • Mirassol x Paysandu
  • Novorizontino x Ceará
  • América-MG x VIla Nova
  • Avaí x Coritiba
  • CRB x Chapecoense
  • Operário x Ponte Preta
  • Amazonas x Santos
  • Sport x Brusque

5ª rodada - 14 ou 15 de maio

  • Vila Nova x Novorizontino
  • Ponte Preta x Santos
  • Botafogo-SP x Chapecoense
  • Ituano x Sport
  • América-MG x Mirassol
  • Avaí x CRB
  • Brusque x Operário
  • Coritiba x Guarani
  • Paysandu x Goiás
  • Ceará x Amazonas

Vale lembrar que o regulamento da Série B é igual ao da primeira divisão, no sistema de pontos corridos, com duelos de ida e volta. Os quatro primeiros colocados voltam para a elite em 2025. Os quatro últimos descem para a Série C. O Santos vai mandar seus jogos na Vila Belmiro, mas estuda a possibilidade de atuar também na capital paulista. MorumBis e Neo Quimica Arena são opções, assim como o Pacaembu, quando ele for entregue.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.