Publicidade

Luca Nardi: saiba quem é o tenista de 20 anos, 123º do mundo, que derrotou Djokovic em Indian Wells

Azarão italiano surpreende e bate sérvio por 2 sets a 1 na madrugada desta terça-feira

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O sérvio Novak Djokovic foi surpreendido na madrugada desta terça-feira, dia 12, e acabou sendo eliminado da terceira rodada do Masters 1000 de Indian Wells. Tenista número 1 do mundo, ele era o favorito a vencer o torneio disputado nos Estados Unidos, mas sofreu uma derrota inesperada para Luca Nardi, italiano de 20 anos e apenas o 123º no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3.

PUBLICIDADE

Durante o qualifying, Nardi venceu o francês Terence Atmane, mas acabou perdendo para o belga David Goffin, ex-top 10 do ranking. Ele entrou na chave principal como lucky loser após o argentino Tomás Etcheverry abandonar o torneio por causa de uma lesão na coxa. O italiano não escondeu a admiração por Djokovic, afirmando que tinha pôsteres do ídolo em seu quarto, e classificou o resultado, alcançado após mais de duas horas de partida, como um “milagre”.

“Acho que antes desta noite ninguém me conhecia. Espero que agora o público tenha gostado do jogo. Estou super feliz! Não sei realmente como isto aconteceu. Sinceramente… não sei. Acho que é um milagre. Sou um rapaz de 20 anos, colocado fora do top 10 do ranking mundial, vencendo o Novak (Djokovic). É uma loucura”, disse Nardi, em coletiva de imprensa.

Número 123 do ranking e apenas 20 anos: Luca Nardi surpreendeu ao vencer Djokovic em Indian Wells.  Foto: MATTHEW STOCKMAN / Getty Images via AFP

Quem é Luca Nardi?

O resultado é ainda mais surpreendente levando em consideração o histórico recente de Nardi. Há duas semanas, antes de Indian Wells, ele havia sido eliminado na segunda rodada do challenger de Bengaluru, na Índia, para o anfitrião Ramkumar Ramanathan, apenas o 462º colocado no ranking mundial. O duelo com Djokovic veio após o azarão italiano bater o chinês Zhizhen Zhang, 50º do mundo. O próximo adversário do jovem será o americano Tommy Paul, 17º, que se classificou após derrotar o francês Ugo Humbert por 2 sets a 0.

A melhor colocação de Nardi no ranking da ATP foi o 106º lugar. Torcedor do Napoli, o jovem é natural de Pesaro, região da costa italiana. Ele começou a jogar aos 7 anos, quando começou a ser treinado por Francesco Sani. Desde então, ele continua trabalhando com o técnico.

Djokovic voltou ao circuito em Indian Wells após seis semanas de descanso. Foi a primeira participação do sérvio no torneio desde 2019. Ele nunca havia perdido um único set em um Masters 1000 para um lucky loser e afirmou que não teve um bom desempenho na partida, mas fez questão de elogiar o adversário.

“Dou os parabéns a ele, principalmente pelo ótimo tênis do terceiro set. Eu não sabia muito sobre ele, mas o vi jogar e sabia que tem um jogo de alta qualidade desde a linha de base. Se move bem. Tem muito talento”, disse o sérvio sobre Nardi. Esta é a segunda decepção de Djokovic na temporada, que foi eliminado no Aberto da Austrália para o também italiano Jannik Sinner. Nardi afirmou que a ascensão do compatriota é motivo de orgulho e motivação.

Publicidade

“Ver o Jannik ganhar todos os jogos seguramente me impulsionou a ser melhor. Eu não esperava vencer hoje. Mas procuro sempre dar o meu melhor nos treinos. Isto aconteceu e estou muito feliz”, disse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.