PUBLICIDADE

Publicidade

Zebra quase estraga estreia de Federer

Atual campeão comete mais erros do que está acostumado, mas ainda consegue virar contra Falla em Wimbledon

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

LONDRESA zebra galopou ontem pela grama de Wimbledon, ameaçou o maior favorito à taça, mas saiu do All England Club sem carregar nenhum dos maiores candidatos ao título. Por 2 horas e 51 minutos, Roger Federer viveu a agonia de poder ser o primeiro campeão derrotado na primeira rodada desde 2003 ? vencedor de 2002, Lleyton Hewitt foi derrotado por Ivo Karlovic.Só que o suíço não é o maior tenista de todos os tempos por acaso. Seu adversário, o colombiano Alejandro Falla, titubeou no momento de fechar a partida quando sacava no quarto set e acabou levando a virada: 3 sets a 2 (5/7, 4/6, 6/4, 7/6 e 6/0), em 3h18 de jogo."Estou feliz de ter encontrado uma maneira de vencer a partida, mesmo que tenha sido um jogo difícil e um início complicado para mim", disse o aliviado, mas um pouco desapontado suíço. "Foi frustrante, para dizer o mínimo. Para mim, não é normal estar dois sets atrás numa primeira rodada de Grand Slam, especialmente em Wimbledon", admitiu Federer. "Mas ainda fui capaz de achar uma maneira de vencer. Isso é o mais importante agora. Não importa como fui em quadra. Não fui nada bem, isso é verdade."Federer não parecia nada confortável na quadra central de Wimbledon ontem, o que é uma surpresa para quem conhece tão bem cada polegada daquele palco. O suíço conquistou o título do torneio mais tradicional do tênis seis vezes nos últimos sete anos ? só perdeu para Rafael Nadal na final de 2008.Ontem, o atual número 2 do mundo cometeu mais duplas faltas do que de costume ? foram três em um único game do quarto set, sete no total. Sem falar nos erros não forçados: 40 em todo o jogo. "O Falla (60.º do ranking) jogou muito bem e me causou muitos problemas", justificou o suíço.Duras estreias. Não foi só Federer que teve um jogo difícil na primeira rodada de Wimbledon. Dos quatro top ten a começarem suas campanhas ontem, apenas o americano Andy Roddick, atual vice-campeão, fez pouco esforço e bateu o compatriota Rajeev Ram em três sets: 6/3, 6/2 e 6/2. Nikolay Davydenko e Novak Djokovic sofreram muito. O russo só passou pelo sul-africano Kevin Anderson após uma batalha que acabou na quinta parcial. Precisou ter fibra para virar o jogo: 3/6, 6/7 (7/3), 7/6 (7/3), 7/5 e 9/7. O sérvio superou o belga Cristophe Rochus também de virada: 4/6, 6/2, 3/6, 6/4 e 6/2.O brasileiro Marcos Daniel começou bem sua partida, mas permitiu a virada do turco Marsel Ihan: 6/7 (7/4), 4/6, 6/2, 6/3 e 6/1.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.