Postagem enganosa atribui a Lula declaração de que combate à dengue cabe somente aos prefeitos

Vídeo viral distorce discurso do presidente, que disse que a prevenção da doença é papel de toda a população, e não somente de agentes públicos

PUBLICIDADE

Por Gabriel Belic
Atualização:

O que estão compartilhando: que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva culpou os prefeitos pelos novos casos de dengue no Brasil. “A culpa da dengue existir é do prefeito”, diz a legenda sobreposta ao vídeo.

O Estadão Verifica investigou e concluiu que: é enganoso. A declaração de Lula foi tirada de contexto. Na verdade, o petista criticou pessoas que responsabilizam apenas os gestores públicos pelo surto de dengue e não cumprem seu papel dentro de casa para conter a proliferação do aedes aegypti, mosquito responsável por transmitir a doença.

Lula não culpou prefeitos por novos casos de dengue; petista defendeu que todos devem combater a doença Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

Saiba mais: em 2 de fevereiro deste ano, Lula participou da cerimônia em comemoração aos 132 anos do Porto de Santos. O evento também marcou a assinatura de um termo de cooperação técnica para a execução de obras do Túnel Submerso Santos-Guarujá.

Nas redes sociais, postagens tiram de contexto um trecho do discurso de Lula, no qual o petista comentava sobre os novos casos de dengue no País. As peças enganosas manipulam a gravação para simular que o chefe do Executivo estivesse culpando os prefeitos pelo surto da doença.

“A televisão só fala de dengue agora, né? É como se fosse a primeira vez que a gente tivesse dengue. É como se fosse a primeira vez. Faz muitos anos que a gente ouve falar de dengue. E dengue, como a gente cuida? Dengue, a gente pode evitar que ela apareça, se o prefeito tiver cuidado de limpar a cidade”, diz o presidente no trecho destacado nas redes sociais. A legenda das postagens afirma que Lula estaria culpando as prefeituras pelos novos casos da doença.

No entanto, o corte replicado nas postagens omite que, na continuação, Lula defendeu que “cada um tem uma responsabilidade”. Na íntegra, o petista criticou aqueles que culpam apenas os agentes do governo, sem que cumpram seu papel no combate à doença.

“Se o prefeito tiver cuidado de limpar a cidade, de limpar a rua. Se o dono da casa tiver o cuidado de cuidar da sua casa, de não deixar água empoçada, de não deixar lixo. Cada um tem uma responsabilidade. Não é só o prefeito, não é só o governador, não é só o presidente da República. Nós, em casa, somos os primeiros a ter responsabilidade. Se tiver dengue na sua casa, veja se a dengue vem do vizinho ou vem da sua própria casa. Ao invés de xingar alguém, olhe se você cumpriu com o seu compromisso, se você cumpriu com o cuidado que você deve ter com a sua família, porque assim vai ser bom para todo mundo. A gente não pode ficar transferindo responsabilidade e acusações”, continuou.

Publicidade

É possível conferir a declaração de Lula na íntegra a partir de 1:07:08 do vídeo abaixo.

Em nota ao Estadão Verifica, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) afirmou que “repudia a divulgação de desinformação por distorções e falas falsas”.

Casos de dengue

De acordo com dados do painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde, atualizados em 20 de fevereiro, o Brasil registrou 122 mortes por dengue desde o dia 1º de janeiro deste ano, além de 456 óbitos em investigação. Os números mostram que existem 688.461 casos prováveis no País.

Desde o início dos novos casos de dengue, perfis nas redes sociais têm impulsionado uma campanha de desinformação sobre a doença. O Estadão Verifica já checou, por exemplo, que a ivermectina não pode ser considerada cura ou prevenção da dengue.

PUBLICIDADE

Como lidar com postagens do tipo: tirar declarações de figuras públicas de contexto é uma tática comum entre desinformadores. Nesses casos, para identificar se a postagem é verdadeira ou não, tente fazer uma busca reversa de imagens (clique aqui para aprender como fazer) ou, então, uma pesquisa por palavras-chave no seu buscador de preferência (aqui, a reportagem buscou pelos termos “Lula”, “dengue” e “prefeito”).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.