PUBLICIDADE

Vídeo em que deputado sugere que manifestantes podem ser presos é de 2022

Entrevista de Otoni de Paula circula fora de contexto para parecer que ele não recomenda o comparecimento a ato de apoio ao ex-presidente Bolsonaro na avenida Paulista

Por Gabriel Belic

O que estão compartilhando: que o deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ) afirmou que “patriotas” serão presos se forem à manifestação convocada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para o dia 25 de fevereiro, na Avenida Paulista.

O Estadão Verifica investigou e concluiu que: é enganoso, porque o vídeo foi tirado de contexto. A declaração do deputado Otoni de Paula compartilhada nas redes sociais não é recente, e sim de dezembro de 2022. No trecho, o parlamentar se referia aos acampamentos bolsonaristas em frente a quartéis.

Vídeo de 2022 foi manipulado para simular que Otoni de Paula estivesse falando sobre manifestação pró-Bolsonaro na Paulista Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE

Saiba mais: por meio de uma busca reversa de imagens, o Estadão Verifica encontrou uma captura de tela do vídeo analisado em uma matéria da CartaCapital, sob o título “O recado de Otoni de Paula aos bolsonaristas acampados nos quartéis”.

A matéria, publicada em dezembro de 2022, discorre sobre uma entrevista de Otoni concedida ao Jornal da Cidade Online. Ao portal, o parlamentar comentou sobre bolsonaristas que estavam acampados em frente a quartéis após o resultado das eleições e sobre a postura do ex-presidente em relação ao movimento realizado por seus apoiadores.

O vídeo original, que havia sido publicado no canal do YouTube do Jornal da Cidade Online, não está mais disponível. No entanto, o Diário do Centro do Mundo replicou parte do conteúdo em seu canal. Na íntegra, é possível perceber que o corte que voltou a circular nas redes sociais foi editado para omitir que o parlamentar se referia às manifestações em frente aos quartéis.

“Eu vou ser chamado de traidor por aqueles que acham que o presidente Bolsonaro vai agir, e eu, olhando para a sua câmera, digo: não vai. E digo: não se iludam. E digo mais: saiam das portas dos quartéis. Vocês serão presos e não haverá ninguém que os defenda”, diz, no trecho completo. A mesma declaração foi registrada em diversos veículos de comunicação, como Congresso em Foco, O Tempo, UOL e outros.

A postagem manipula o vídeo para espalhar desinformação sobre a manifestação pró-Bolsonaro para o próximo domingo, dia 25, na Avenida Paulista, em São Paulo. Como mostrou o Estadão, será a primeira manifestação bolsonarista convocada pelo ex-chefe de Estado desde os ataques golpistas ocorridos em 8 de janeiro de 2023.

Publicidade

O Estadão Verifica buscou por declarações do deputado sobre o ato marcado para 25 de fevereiro, mas não encontrou nenhum registro na imprensa profissional e nas suas redes sociais. Ele foi procurado por e-mail, mas não respondeu até a publicação.

Como lidar com postagens do tipo: o vídeo analisado foi retirado de contexto para espalhar desinformação. Para atestar a veracidade do conteúdo, é importante buscar a gravação original. É possível encontrar a origem da peça por meio de uma busca reversa de imagens ou, então, uma pesquisa por palavras-chave no seu buscador de preferência (neste caso, a reportagem buscou pelos termos “Otoni de Paula” e “vocês serão presos”).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.