PUBLICIDADE

Rússia diz ter destruído primeiro tanque dos Estados Unidos durante guerra na Ucrânia

Quando Kiev recebeu os tanques no final de setembro, Kremlin prometeu que eles ‘queimariam’, repetindo um alerta de Putin quando a Ucrânia recebeu tanques da Alemanha

Foto do author Redação
Por Redação

A Rússia afirmou, nesta terça-feira, 27, que destruiu um tanque americano Abram no leste da Ucrânia, a primeira reivindicação deste tipo desde que os Estados Unidos enviaram este tipo de tanque pesado às forças de Kiev.

“O inimigo perdeu (...) dois tanques, incluindo um Abrams de fabricação americana”, disse o Ministério da Defesa russo depois que os canais russos do Telegram publicaram imagens não verificadas que supostamente mostravam tanques em chamas.

Quando Kiev recebeu os tanques no final de setembro, o Kremlin reagiu e prometeu que os tanques “também queimariam”, repetindo um alerta do presidente russo Vladimir Putin quando a Ucrânia recebeu os primeiros tanques alemães Leopard.

Controle de Avdiivka

O anúncio de destruição do veículo foi feito pouco antes de a Rússia também ter anunciado o controle de Avdiivka, uma cidade ucraniana no front oriental que as tropas de Moscou arrebataram no início deste mês, após uma longa batalha.

Avdiivka é uma cidade no front oriental da Ucrânia que as tropas de Moscou assumirem controle no início deste mês. Exército russo disse nessa semana ter assumido mais duas cidades da região. Foto: AP Foto/Libkos, arquivo

PUBLICIDADE

“Na área de Avdiivka (...) unidades libertaram a localidade de Severnoye”, afirmou o ministro da Defesa da Rússia, Serguei Shoigu, utilizando o nome russo da localidade, que na Ucrânia é conhecida como Sieverne.

Um porta-voz do Exército ucraniano confirmou que as tropas do seu país “se retiraram das pequenas localidades de Sieverne e Stepove”. Afirmou que “lutas ferozes por Sieverne” ocorreram durante a noite e que os russos sofreram “grandes perdas”./AFP.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.