PUBLICIDADE

Galaxy Fold e Galaxy Z Flip: Samsung revela novos dobráveis por até R$ 13,8 mil

Novos smartphones chegam com design mais suave e câmeras mais potentes

PUBLICIDADE

Foto do author Bruna Arimathea
Atualização:

ENVIADA ESPECIAL A PARIS - A Samsung lançou nesta quarta-feira, 10, sua nova linha de celulares dobráveis Galaxy Z Fold 6 e Galaxy Z Flip 6 - e a família veio com novidade: além dos aparelhos, a fabricante sul-coreana lançou o Galaxy Ring, seu primeiro anel inteligente, um dispositivo capaz de fazer monitoramento de frequência cardíaca, sono e exercícios apenas pelo dedo do usuário.

Disponível nas cores preto e cinza, o Galaxy Z Fold 6 vai custar R$ 13,8 mil e estará à venda no Brasil a partir desta quarta-feira, com entrega a partir do dia 22 de julho. Com três cores (azul, verde, cinza), o Galaxy Z Flip 6 chega ao Brasil por R$ 8 mil, na versão de 256 GB, e R$ 9 mil se o usuário optar por 512 GB.

Samsung Galaxy Fold 6 Foto: Bruna Arimathea/Estadão

PUBLICIDADE

Principal aparelho da linha de celulares dobráveis da Samsung, o Fold 6 chega ao mercado com um novo design, mais parecido com a linha S com bordas mais retas e finas. De acordo com a empresa, é o dispositivo mais leve já lançado na categoria de dobráveis da marca: o modelo pesa 234 gramas, cerca de 20 gramas a menos que o seu antecessor.

O display também ganhou uma pequena mudança nas dimensões quando aberto. Agora o aparelho fica um pouco mais quadrado, com tela de 7,6 polegadas. A tela externa tem 6,3 polegadas, em um formato mais comprido - ainda mantendo a sensação de um smartphone muito estreito quando fechado, o que pode não agradar a todos os usuários.

O conjunto de câmeras triplo é formado por uma lente ultra grande angular de 12 MP, uma grande angular de 50 MP e uma teleobjetiva de 10 MP. Na parte frontal, a câmera é de 10 MP e, quando aberto, o modelo ainda tem uma câmera que fica sob a tela de 4 MP.

A bateria de 4.400 mAh Com 12GB de memória, o Z Fold 6 tem as opções de 256 GB, 512 GB ou 1 TB de armazenamento. O processador é o Snapdragon 8 geração 3 para Galaxy e traz a mesma capacidade do modelo S24, lançado em janeiro pela sul-coreana.

Samsung Galaxy Fold 6, revelados em evento em Paris Foto: Bruna Arimathea/Estadão

Galaxy AI

Depois de anunciar as novidades do Galaxy AI em janeiro deste ano, a Samsung traz algumas melhorias em ferramentas, sem anunciar grandes novidades no ecossistema da tecnologia.

Publicidade

Uma delas é o uso da IA generativa para criar retratos de pessoas em formato de caricatura, 3D e personagem de quadrinhos, por exemplo, a partir de fotos - uma espécie de IA generativa de imagens a partir de selfies. Os usuários também vão poder adicionar objetos em uma imagem apenas desenhando o item na foto.

Na última semana, a empresa voltou a inserir em seu blog a informação de que o Galaxy AI vai permanecer gratuito aos usuários até o final de 2025. Não se sabe se, a partir da data, os recursos de IA estariam disponíveis apenas em planos pagos. A Samsung não forneceu mais informações sobre a possibilidade de cobrar por uma assinatura.

O Galaxy Z Flip 6 foi o modelo que mais recebeu importantes atualizações no corpo do celular e nas câmeras principais - agora, o conjunto de lentes é de 50MP, um avanço em relação aos 12MP da edição anterior. As duas câmeras externas também ganharam um anel metálico ao redor das lentes, da mesma cor que o corpo do aparelho.

A mudança na qualidade da fotografia é uma tentativa de quebrar um estigma do aparelho dobrável, que ainda deixa dúvidas nos usuários na hora de escolher um dispositivo funcional sem perder grandes ferramentas em relação a um celular tradicional.

O design do aparelho, agora mais reto e quadrado, também ajudou a diminuir a dobra da tela com o celular fechado. Aberto, a tela de 6,7 polegadas ganhou uma nova estrutura interna de dobra, mais reta e unida, que permite que a marca de flexão seja quase imperceptível quando o display está ligado.

Samsung amplia estratégia de inteligência artificial (IA) para seus dispositivos Foto: Samsung/Reprodução

A tela externa, que cresceu na versão do ano passado do aparelho, possui 3,4 polegadas e, na onda das ferramentas de IA, pode ganhar papéis de parede personalizados com inteligência artificial generativa, a partir de comandos escolhidos pelos usuários nas configurações.

A bateria é de 4.000 mAh, e, no Brasil, o aparelho terá as opções de 256 GB ou 512 GB de armazenamento. A memória de ambos os modelos é de 12 GB.

Publicidade

*A repórter viajou a convite da Samsung Brasil

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.