PUBLICIDADE

Frei Isaías Borghetti, responsável pela introdução da TV a cores no Brasil, morre aos 87 anos

O comunicador morreu em decorrência de complicações derivadas do Mal de Parkinson

Foto do author Maria Fernanda Viana
Por Maria Fernanda Viana

Isaís Borghetti, frei e comunicador, morreu aos 87 anos na madrugada desta segunda-feira, 5, em Caxias do Sul. Borghetti morreu em decorrência de complicações derivadas do Mal de Parkinson, diagnosticado em 2018.

Frei Isaías Borghetti morreu aos 87 anos. Foto: Divulgação | Associação dos Freis Capuchinhos do RS

PUBLICIDADE

A informação foi confirmada no site da Conferência dos Capuchinhos do Brasil. “Frei Isaías Borghetti faleceu às 2 horas de hoje, dia 5 de fevereiro, na Casa São Frei Pio, em Caxias do Sul. Nasceu no dia 14 de agosto de 1936 em Vila Fão/RS. Está sendo velado na Capela da Casa de Saúde São Frei Pio desde às 7h30 desta segunda-feira.”, informou o comunicado.

No Instagram, a Diocese de Caxias do Sul lamentou a morte do Frei. “A Diocese de Caxias do Sul, em sinal de solidariedade com a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos da Província Sagrado Coração de Jesus, e com os familiares, manifesta seu pesar pelo falecimento do Frei Isaías Borghetti, aos 87 anos, ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 5 de fevereiro de 2024″, diz a nota de pesar.

Desde o diagnóstico, Borghetti recebia cuidados na Casa São Frei Pio. Até o final do ano passado, o Frei ajudava no atendimento na matriz Imaculada Conceição.

Além da carreira religiosa, ele também era pós-graduado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS) e foi professor da instituição, além de trabalhar na Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Em sua carreira na comunicação, Isaías Borghetti fez parte da introdução da televisão a cores no Brasil, quando foi diretor da TV Difusora de Porto Alegre, durante a primeira transmissão em cores, na Festa da Uva de 1972, em Caxias do Sul. Ele trabalhou na Rádio Difusora Porto Alegrense, na TV Difusora e na Associação Gaúcha de Rádio e TV (Agert).

Frei Isaías Borghetti também era formado em Filosofia e Teologia.

Publicidade

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.