PUBLICIDADE

Franz Kafka: Cinco obras para ler em vez de cancelar o autor

De cânone da literatura em língua alemã a ‘cancelado’ por vício em pornografia, conheça mais sobre o autor que segue despertando ódios e paixões entre diferentes gerações

Foto do author Damy Coelho
Por Damy Coelho
Atualização:
Franz Kafka: centenário de morte do mais novo 'cancelado' se dá neste 2024 

Franz Kafka é majoritariamente conhecido por sua obra-prima, A Metamorfose, mas o escritor vai além do óbvio. Sua literatura é envolta em mistério, questões existenciais e um tanto de surrealismo. Os romances apresentam uma construção única de personagens que se veem despertados da vida comum em direção a uma epifania, como K - seria uma abreviação de si mesmo? - ou o homem-inseto Gregor Samsa.

PUBLICIDADE

Já as obras epistolares ajudam a desvendar outros mistérios - esses, da vida íntima do autor, que, se não complementam a sua obra ficcional, pelo menos ajudam a saciar a curiosidade do leitor sobre seus sentimentos e sua vida não-ortodoxa, com direito a vício em pornografias e passadinhas em bordeis.

Justamente por esses hábitos sexuais, Kafka foi recentemente “cancelado” na Web. Mas, como o universo das celebridades ensina, o cancelamento pode despertar curiosidades sobre a obra do cancelado - esperto é quem sabe aproveitar o momento. Como Kafka morreu há 100 anos, o Estadão resolveu dar um empurrãozinho e jogar luz à literatura do absurdo que consagra sua obra ainda hoje.

Conheça abaixo cinco livros que ajudam a mergulhar na literatura kafkaniana, de ritmo único e pulsante.

1. A Metamorfose

O livro que projetou o autor checo ao cânone, A Metamorfose, foi publicado em 1915 e conta a história de Gregor Samsa, um trabalhador comum, dedicado à família, que tem sua vida transformada após acordar e perceber que virou… uma barata.

Uma narrativa que envolve surrealismo e dilemas existenciais, fazendo com que o leitor se questione, ao longo das páginas, se o pior pesadelo seria capaz de se tornar realidade.

Franz Kafka - A Metamorfose Foto: Divulgação / Companhia das Le

Companhia das Letras, R$47,90.

Publicidade


2. Carta ao Pai

Kafka, para além dos hábitos sexuais duvidosos, também tinha uma relação complicada com o pai, que envolvia distanciamento emocional, decepções e problemas mal resolvidos.

Este romance epistolar, que transita entre a mágoa e alguma tentativa de reconciliação, foi escrito quando o autor tinha 36 anos, e mistura experiências de sofrimento na infância que se refletem no homem que Kakfa se tornaria. Portanto, não se deixe enganar pelo título: evite escolher como presente no Dia dos Pais.

Franz Kafka - Carta ao Pai Foto: Divulgação / Companhia das L

Companhia das Letras, R$47,90.

3. O Processo

PUBLICIDADE

Pouco pior que acordar e perceber que virou inseto é acordar e perceber que foi processado. E, pior: sem saber o porquê. Esse é o mote da história de Josef K. Ele é informado por dois agentes que pode cumprir a pena em liberdade, contanto que confesse seu crime - qual crime? - e ceda às amarras da burocracia institucional, que rompe com a vida cotidiana a qual ele estava acostumado.

Em sua busca incessante por encontrar motivos para o que possa ter feito de errado, o protagonista recorre a todas as esferas jurídicas para entender o que aconteceu. Por trás do enredo, percebe-se a crítica a um Estado tirano e burocrático.

Franz Kafka - 'O Processo' Foto: Divulgação / Companhia das L

Companhia das Letras, R$47,90.


4. O Castelo

Neste romance, o protagonista K - mesmo nome de O Processo - recebe a missão de trabalhar em um castelo. O grande problema é que ele nunca consegue entrar lá. A incapacidade em cumprir sua missão e chegar ao seu destino remete a um pesadelo recorrente - assim como em A Metamorfose -, para além de ser preenchido por monólogos existenciais das personagens. Além de vislumbrar K e o crescimento de sua obsessão para adentrar o lugar, temos também Frieda, uma balconista que desperta suas paixões.

Publicidade

Uma das obras mais marcantes de Kafka, o livro foi considerado o Fausto (obra-prima de Goethe) do século 20.

Franz Kafka - 'O Castelo' Foto: Divulgação / Companhia das L

Companhia das Letras, R$47,90.


5. Cartas à Milena

Apesar de nunca ter sido casado, Kafka também nutriu suas paixões, que passavam muito pela admiração literária mútua. Este livro entra na lista para saciar curiosidades que os leitores possam ter sobre a intimidade do autor - portanto, nada melhor para isso do que ler seus diários e cartas.

Em Cartas à Milena, adentramos na relação que o Kafka desenvolve com Milena Jesenská, uma jovem também escritora que mora em Viena e pede para traduzir os livros do autor. A distância imposta entre os dois, que vai além dos limites geográficos - Milena era casada -, é combustível para correspondências com reflexões e declarações profundas.

Nelas, nota-se o desejo de Kafka em encontrar alguém que o complete. Milena foi inspiração também na produção do autor - especula-se que a personagem Frieda, de O Castelo, teria sido escrita sob a influência de Milena em sua vida.

Franz Kafka - 'Cartas a Milena' Foto: Divulgação / Camelot Editora

A edição está em pré-venda pela Camelot Editora, por R$29,90.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.