PUBLICIDADE

Fim de uma era: ‘Terra e Paixão’ é a última novela de Gloria Pires como contratada da Globo; entenda

Atriz ainda poderá assinar contratos por obra na emissora; último capítulo da novela vai ao ar nesta sexta, 19

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Gloria Pires está dando adeus ao contrato de exclusividade com a TV Globo: a novela Terra e Paixão foi o último trabalho da atriz na emissora. O interesse da intérprete de Irene é dedicar-se a outros projetos, mas isso não significa uma despedida total, já que ainda pode ser contratada por obra.

PUBLICIDADE

Esse tipo de mudança contratual vem acontecendo com frequência na Globo. Galvão Bueno, Marieta Severo, Regina Casé, Paolla Oliveira e Osmar Prado também romperam com essa modalidade.

Atualmente, Gloria Pires está no ar na emissora em dose tripla: como as gêmeas Ruth e Raquel na novela Mulheres de Areia, no Vale a Pena Ver de Novo, e como a vilã Irene de Terra e Paixão.

Em novembro, a atriz comentou sobre o fim da modalidade de contrato com a Globo: “Não vejo como um adeus, e sim como um até breve. Tenho uma relação sólida e bem-sucedida com a empresa, uma história feliz! Mudou o modelo de contrato e a maior diferença é que poderei transitar por outros lugares. A TV Globo será um desses lugares”, disse à revista Caras.

Ela também revelou ter vontade de trabalhar mais por trás das câmeras e também como diretora.

Terra e Paixão

Gloria elegeu a cena da morte de Daniel como sua cena mais marcante de Terra e Paixão. A atriz participou do café com Ana Maria Braga no Mais Você desta sexta, 19.

Muitas surpresas estão reservadas para o final da novela. O Globo revelou na quinta, 18, que o personagem que Rodrigo Lombardi interpretará no último capítulo será namorado de Irene, vivida por Glória Pires. A vilã fugiu depois de sequestrar Danielzinho. Tudo indica que ele terá relação direta com o desfecho da personagem.

Publicidade

O capítulo final vai ao ar nesta sexta, 19, às 21h20.

Gloria Pires quer se dedicar a novos projetos. Foto: Instagram/@gpiresoficial
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.