PUBLICIDADE

Publicidade

F-1: Verstappen brinca com neta de Nelson Piquet antes de abandonar GP da Austrália; veja vídeo

Filha de Kelly Piquet, noiva do piloto holandês, viralizou se divertindo na garagem da Red Bull

Foto do author Róbson Martins
Por Róbson Martins
Atualização:

Uma cena encantadora capturou a atenção das redes sociais na garagem da Red Bull antes do Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 neste domingo, dia 24. A enteada de Max Verstappen, Penelope, viralizou brincado com mecânicos e o chefe da equipe, Christian Horner, além do próprio piloto — que posteriormente viu-se obrigado a abandonar a corrida.

PUBLICIDADE

A relação carinhosa da dupla não é uma novidade para os fãs do holandês, que “adotou” a menina desde que começou seu relacionamento com Kelly Piquet, filha do lendário tricampeão Nelson Piquet. Penelope já protagonizou vários momentos adoráveis ao lado de Verstappen.

A habilidade única de Penelope em interromper as façanhas do piloto, como ele mesmo admite, é um ponto de destaque. “Ela é única. É muito fofo e legal de ver”, disse à Band sobre episódios em que a enteada bloqueia sua visão ou até mesmo desliga seu computador.

Max Verstappen e enteada Penelope, neta de Nelson Piquet, no paddock do GP da Austrália Foto: Reprodução/@verstappenews

Verstappen não teve a sorte ao seu lado neste domingo. Mesmo largando na pole position, ele precisou abandonar a corrida devido a um problema que causou um incêndio no freio traseiro direito. “(O carro) simplesmente travou. Isso causou danos e continuou piorando. Basicamente, estava pilotando com o freio de mão puxado”, detalhou o holandês à emissora britânica Sky Sports.

Foi o primeiro abandono de Verstappen em dois anos. Antes disso, a última vez que o tricampeão deixou uma prova por problemas no carro havia sido também na Austrália, em 2022.

O GP da Austrália terminou com o espanhol Carlos Sainz no topo do pódio. O segundo e o terceiro lugar ficaram com Charles Leclerc, também da Ferrari, e Lando Norris, da McLaren. A Fórmula 1 retorna à cena em duas semanas, prometendo mais emoção no GP do Japão, em Suzuka, programado para os dias 5 a 7 de abril.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.